68% dos leitores usam PC’s para ler e-books nos EUA. Imagine no Brasil… 90%?

Eduardo Notícias 6 Comments

Reproduzimos nota originalmente publicada pelo Teleread:

Isto é o que a Simba Information, uma empresa especializada em pesquisa de marketing em mercado editorial e mídia, está afirmando. De acordo com sua pesquisa, de quase 1.880 adultos entrevistados, 68% dos que lêem e-books usam seus computadores como o dispositivo mais frequente para fazer isso.

“Há uma idéia enganosa de que os consumidores são os mais interessados na leitura feita em dispositivos dedicados para isso (e-readers), isso não é verdade” disse Michael Norris, analista senior da Simba Information, comentando a pesquisa. “Sabendo que os leitores compram apenas um pequeno número de livros ao longo de um ano, você pode concluir que um gadget de US$300 para ler o equivalente a uma versão brochura de US$6, não irá fazer sentido para muita gente. Pelo segundo ano seguido, podemos garantir essa afirmação.”

O computador, Norris apontou, também teve uma larga dianteira sobre o Kindle da Amazon e o Nook da Barnes & Noble. O PC é muito comum entre pessoas que se deslocam no trânsito, que frequentemente carregam um notebook/netbook consigo (e também podem ler livros nos computadores do trabalho, enquanto fingem trabalhar).

“Dispositivos dedicados para leitura vêm arranhando  a liderança dos PC’s há algum tempo” acrescentou Norris. “Para o iPad ter algum tipo de dominância, ele precisa se tornar muito popular, e rapidamente, entre a turma do PC – e não necessariamente, a turma de Kindle e companhia.”

Essa é uma notícia significativa. Por mais badalados que sejam os livros no iPhone, Kindle, iPad, etc, 70% dos leitores americanos usam um computador para ler e-books. Os dispositivos de leitura são muito mais “divulgadores” dos e-books, do que propriamente uma plataforma de leitura. Com tantos computadores no mundo (e no Brasil), pode-se dizer que existe uma enorme base de leitores em potencial, que podem se interessar sim em ler na tela de um PC. Imagine o percentual de brasileiros, que têm pouco acesso à enorme variedade de e-readers. Será que 80% dos que lêem e-books, fazem isso no computador? 90% talvez? Não seria surpreendente.

Pensando na nossa realidade, existem brasileiros que nunca compram livros, porque livros custam uma fortuna. Mas talvez eles desembolsem R$ 9,00, ou quem sabe até uns R$ 15,00, para ler na tela do computador. A leitura pode se tornar um fenômeno de massa, no Brasil, graças aos e-books. O aparelho para ler está em toda parte, em milhões de lares brasileiros.

Simplíssimo68% dos leitores usam PC’s para ler e-books nos EUA. Imagine no Brasil… 90%?

Comments 6

  1. Nossa eu sempre li meus ebooks no neetbook, agora consegui adquirir um e-reader cool-er é muito legal, e não perde a magia de um livro convencional.

  2. Realmente ler em um aparelho com tecnologia e-ink, como o Cool-er, distribuído no Brasil pela Gato Sabido, é muito bom mesmo!
    Acredito que são aparelhos com essa tecnologia que farão a diferença no mercado do e-book!

  3. Não possuo e-reader, mas como experiência comprei, há alguns dias, o meu primeiro e-book na Amazon para ler no PC. Achei que ficaria cansativo, mas o resultado está sendo muito positivo. Posso ler o livro tanto no PC como no meu netbook utilizando a mesma “conta” do Kindle. Portanto posso sair de casa com ele. Na ausência de um e-reader está sendo uma boa alternativa e vou comprar mais e-books por esse esquema.

  4. Acredito que essas pessoas que “leem” livros no computador, mais folheiam do que leem. É muito difícil ler 300 páginas num computador.

  5. Com o lançamento do Positivo Alpha isso deve mudar a médio prazo, visto que é uma alternativa barata, nacional, e com recursos que não ficam devendo em nada os importados.

  6. Pingback: A estética dos e-books

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *