A Bolha da Auto-Publicação

da Redação Autores, Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Alguém parou para pensar nisso. Um grande e completo artigo de Ewan Morrison para o The Guardian fala a respeito de uma possível bolha da auto-publicação de eBooks. Sua ideia não é totalmente errada. Ele explica, demoradamente, como uma bolha é formada, em sete estágios:

  1. Primeira Fase – Perturbação
  2. Segunda Fase – Ampliação / Preços começam a aumentar
  3. Terceira Fase – Euforia / Crédito Fácil
  4. Quarta Fase – Excesso de vendas / Preços atingem um pico
  5. Quinta Fase – Reversão do mercado / Lucros começam a ser gastos internamente
  6. Sexta Fase – Crise financeira
  7. Sétima Fase – Repulsa / Emprestador de última instância

E não é difícil, para os americanos, conhecer bem como uma bolha é formada. Ele ainda lembra:

Mas tudo isso me dá uma sensação alarmante de déjà vu. Não há outro nome para o que acontece quando as pessoas começam a ganhar dinheiro com especulação e exagero: isso é chamado de bolha. Como a bolha das pontocom, a bolha de imóveis comerciais, a bolha das hipotecas subprime, a bolha de crédito e negociação de derivados da bolha antes dela, a bolha está inflando a auto-publicação digital que nos rodeia. Cada uma dessas outras bolhas também viu, em seus estágios iniciais, uma grande quantidade de barulho feito sobre um fenômeno “novo”, que era então um hype super-alavancado. Mas a especulação, como aprendemos por nossa conta e risco, é uma fundação muito perigosa para qualquer negócio. E quando a bolha da auto-publicação digital estourar, como todas as bolhas anteriores fizeram, a queda das editoras e dos autores pode ser ainda mais difícil de reparar do que está provando ser nas áreas de hipotecas, derivativos e dívida pessoal. Porque esta bolha é baseada em razões culturais, não puramente econômicas.

Os argumentos que ele usa por todo o texto falam por si. A exaltação do novo, a corrida de muitas e muitas pessoas para conseguir um pedaço dessa nova “boquinha”, especulação, muitas pessoas ganhando dinheiro com facilidade, a facilidade em si de entrar nesse mercado… aqui no Brasil isso ainda não aconteceu, mas se nos Estados Unidos já se fala em bolha, temos que ficar de olho por aqui, aprender com os erros deles e nos prepararmos para a tormenta.

Não que uma “bolha da auto-publicação digital” vá afetar o mundo financeiramente, mas aqueles que trabalham no setor – editoras, autores, agentes e outros – podem sofrer agravantes com isso.

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.000 autores e editoras. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoA Bolha da Auto-Publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *