A Força dos eBooks Está nos Serviços Disponibilizados – artigo

Colaboração do leitor Amazon, Artigos, Ebooks, ereader, livro eletrônico, Tecnologia Deixe um comentário

Revolucaoebook.com.br

…e Quanto a Estes o Brasil Ainda Deixa a Desejar.

Hoje li um post em uma rede social que me fez refletir. No comentário, o usuário dizia que começou a ler ebooks somente após comprar um eReader Kindle. Já li muitos comentários semelhantes, e não por coincidência. A verdade é que a revolução dos eBooks está nos serviços disponibilizados para estes pelas grandes livrarias.

Enquanto muitos ficam discutindo o sexo dos anjos, tentando provar qual formato de eBook é o melhor, os revolucionários investem em serviços e dispositivos cada vez mais intuitivos. Uma prova viva de meu ponto de vista é a Amazon, que apesar de utilizar um formato de eBook teoricamente possuindo menos recursos que o ePub, domina o mercado de livros digitais.

É obvio que o sucesso da Amazon com o Kindle também está vinculado a muitos outros motivos, mas se a compararmos com algumas de nossas livrarias que, no mercado nacional também são gigantes mas não conseguem obter o sucesso da Amazon nem passando por perto de sua sombra, podemos destacar alguns pontos candidatos à explicação deste feito.

Preço

Como diz a máxima do empresário Ricardo: “Preço é tudo!”. E no Brasil, os eBooks ainda são muito caros, muitas vezes custando mais até que a versão impressa do mesmo livro.

Serviço

Se alguém quer alcançar o maior número de leitores possível, é necessário entender que muitos deles nasceram na década de 60… Por consequência, muitos não são familiarizados com sistemas digitais (minha mãe que o diga). Mas os serviços de distribuição de livros digitais brasileiros ainda são complexos, exigindo muitos cliques até o usuário finalmente poder ler os livros obtidos. Por consequência, muitos têm medo de comprar e desistem no meio do caminho, isto quando tentam.

Outro ponto pendente no mercado brasileiro (lembrando que estou analisando apenas as principais livrarias do mercado nacional) é um bom serviço de nuvens para os livros digitais. Nenhuma das livrarias das quais testei seus serviços disponibilizavam o livro nas nuvens, como faz a Amazon. Assim, o usuário é obrigado a armazenar e guardar seus livros baixados por conta própria. Para muitos usuários isto é simplesmente uma pedra no sapato. Quando os ebooks são disponibilizados nas nuvens o usuário tem uma sensação de posse bem maior que simplesmente baixando o mesmo livro. E sensação de posse é justamente um dos pontos fracos do livro digital. As pessoas gostam de ter em mãos, de segurar o bem adquirido. Assim, se é possível devolver parte deste sentimento de posse ao leitor, por que não explorar ao máximo esta possibilidade?

Software/Dispositivo

Para mim este item é de todos, o mais importante. De nada adianta um livro digital belo e bem estruturado se a ferramenta utilizada para sua leitura não for confortável e simples de usar. Já testei muitos softwares para leitura cheios de recursos e opções, mas a maioria falhava no essencial: Não eram confortáveis na leitura. Efeitos visuais como os que imitam uma página física sendo virada são legais quando vistos pela primeira vez mas, em sua grande maioria, no dia-a-dia tornam-se um incômodo e atrapalham a experiência da leitura.

Outros aplicativos falham não pelo excesso, mas sim pela falta do básico. Por exemplo o software da Saraiva para dispositivos Android, além de possuir muitos bugs (o que é inadmissível), possui problemas terríveis, como botões pequenos e difíceis de serem clicados (tocados), textos mal distribuídos em tela e loja sem versão otimizada para tablets e smartphones. Em outras palavras, simplesmente um aplicativo inútil!

Analisados estes pontos, só posso concluir que o leitor, quando exposto à experiência de leitura de um eBook através de uma dessas livrarias, irá achar o livro digital uma péssima ideia estando muito distante de substituir os livros físicos. Contudo, os números no norte da América indicam que o livro eletrônico vêm crescendo. E este crescimento parece ser proporcional ao esforço das grandes livrarias de tornar a leitura deles tão confortável (ou ainda mais) que em um livro físico através da tecnologia bem empregada!

Prova disso é que volta e meia surge uma nova versão do eReader e dos softwares Kindle. E, ao invés de ficarem entupidos de recursos fúteis, estes tornam-se cada vez mais intuitivos e ganham funcionalidades realmente úteis ao usuário que deseja simplesmente ler!

post por Luis Vasquez, do LivroBook.

A Força dos eBooks Está nos Serviços Disponibilizados

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

Colaboração do leitor

SimplíssimoA Força dos eBooks Está nos Serviços Disponibilizados – artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.