Amazon Rejeita eBooks Produzidos com o Calibre

13/06/2012
 / 
por da Redação
 / 

Se antes era possível jogar qualquer coisa no Kindle Direct Publishing, o serviço de auto-publicação da Amazon, hoje não é mais.

Após diversos problemas com conteúdo plagiado, obras gratuitas sendo vendidas por oportunistas, entre tantas outras coisas, a Amazon adotou um filtro mais pesado no que chega à sua loja virtual. Recentemente, Nate Hoffelder do The Digital Reader relatou um caso em que um eBook foi barrado na Amazon. A explicação, após muita insistência, veio nessa mensagem:

Nossa equipe técnica constatou que o conteúdo do seu livro foi criado por ‘Calibre’ e, portanto, não é comprável em nosso site.

Por favor envie o seu livro em qualquer arquivo em MOBI criado pelo KindleGen ou faça o upload do arquivo em DOC ou HTML. O livro estará então comprável e pesquisável nas próximas 24 a 48 horas após a republicação.

Obrigado por sua imensa paciência e compreensão durante o tempo que levou para pesquisar esta questão.

O caso aqui é que a conversão pelo Calibre gera alguns problemas técnicos nos arquivos MOBI, e isso impossibilita a publicação.

A Amazon também é conhecida por rejeitar eBooks com imagens em qualidade ruim, formatação horrível, entre outros problemas estéticos. Com tantos livros sendo publicados todos os dias, não faz mal nenhum criar um filtro para pegar aberrações.

Se você realmente quer publicar um eBook, faça bem feito. Se não puder contratar gente para o serviço, tente aprender você mesmo, revise, faça uma bonita capa. E nem precisa aprender a fazer MOBI ou ePub. Como a Amazon mesmo disse, é possível até enviar um arquivo DOC. Esse livro pode ser adquirido em PDF, e ensina passo a passo. Produto feio ninguém compra.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

13/06/2012
 / 
por da Redação
 / 

Se antes era possível jogar qualquer coisa no Kindle Direct Publishing, o serviço de auto-publicação da Amazon, hoje não é mais.

Após diversos problemas com conteúdo plagiado, obras gratuitas sendo vendidas por oportunistas, entre tantas outras coisas, a Amazon adotou um filtro mais pesado no que chega à sua loja virtual. Recentemente, Nate Hoffelder do The Digital Reader relatou um caso em que um eBook foi barrado na Amazon. A explicação, após muita insistência, veio nessa mensagem:

Nossa equipe técnica constatou que o conteúdo do seu livro foi criado por ‘Calibre’ e, portanto, não é comprável em nosso site.

Por favor envie o seu livro em qualquer arquivo em MOBI criado pelo KindleGen ou faça o upload do arquivo em DOC ou HTML. O livro estará então comprável e pesquisável nas próximas 24 a 48 horas após a republicação.

Obrigado por sua imensa paciência e compreensão durante o tempo que levou para pesquisar esta questão.

O caso aqui é que a conversão pelo Calibre gera alguns problemas técnicos nos arquivos MOBI, e isso impossibilita a publicação.

A Amazon também é conhecida por rejeitar eBooks com imagens em qualidade ruim, formatação horrível, entre outros problemas estéticos. Com tantos livros sendo publicados todos os dias, não faz mal nenhum criar um filtro para pegar aberrações.

Se você realmente quer publicar um eBook, faça bem feito. Se não puder contratar gente para o serviço, tente aprender você mesmo, revise, faça uma bonita capa. E nem precisa aprender a fazer MOBI ou ePub. Como a Amazon mesmo disse, é possível até enviar um arquivo DOC. Esse livro pode ser adquirido em PDF, e ensina passo a passo. Produto feio ninguém compra.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Esta página ainda não tem comentários. Quer comentar primeiro?

Deixe um comentário