Amazon suspende sistema de pagamentos do Unglue.it, Crowdfunding de eBooks

16/08/2012
 / 
por Adriana Pires
 / 

Recentemente foi falado aqui mesmo no REB sobre o lançamento do Unglue.it, um site de crowdfunding para livros que, através de contribuições públicas, busca atingir um determinado valor preestabelecido com a intenção de adquirir os direitos digitais de um título já publicado e, sob a licença Creative Commons, distribuí-lo gratuitamente e sem DRM para todos os leitores.

O Unglue.it utilizava o sistema de pagamentos da Amazon (Amazon Payments), mas há pouco mais de uma semana, Eric Hellman, presidente da companhia Gluejar que é responsável pelo Unglue.it, foi informado que a Amazon não iria mais aceitar pagamentos de campanhas de crowdfunding (com exceção do Kickstarter, um site popular de crowdfunding), e ainda que a decisão não vá afetar a distribuição do livro “Oral Literature in Africa” – que já conseguiu atingir sua meta e logo estará pronto para download – está exigindo que o Unglue.it suspenda todas as campanhas ativas e invalide as doações que estão pendentes.

Hellman explica em seu blog que, depois de várias tentativas, ele finalmente conseguiu falar com um diretor de contas sênior da Amazon, que explicou que existem regulamentos e encargos contratuais que a Amazon tem que cumprir e que numa conta de crowdfunding tudo é mais complicado e ainda nebuloso. Eles têm que verificar, por exemplo, se o pagamento não vai para armas de fogo ou álcool e gastam dinheiro para fazer toda esta checagem.

Segundo o diretor, a Amazon só ficou sabendo dessas exigências ao aceitar os pagamentos para o Kickstarter e enquanto não descobrir uma forma de provar que estes pagamentos não estão financiando nada ilegal ou suspeito, resolveu não aceitar mais nenhuma conta deste tipo.

A Amazon não foi a primeira opção do Unglue.it, o Paypal foi o escolhido, mas depois de meses de negociação e tentativas de provar que era uma empresa legítima, o Unglue.it desistiu de esperar pela aprovação e acabou optando pela Amazon Payments. Justamente pelo fato de terem tido problemas do mesmo gênero com o Paypal, Hellman diz que está inclinado a acreditar nas razões apontadas pela Amazon, já que acha improvável que ela os veja como uma grande ameaça aos seus negócios.

De qualquer forma, o Unglue.it já está procurando outras alternativas e Hellman está confiante que o site vai voltar logo à ativa, mas não esconde o desapontamento com a Amazon: “Talvez algum dia, bilhões de pessoas irão ler livros unglued e recordar com espanto dos anos em que a Amazon dominou o mundo dos ebooks”.

Informações: Good E-Reader e The Digital Shift

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

16/08/2012
 / 
por Adriana Pires
 / 

Recentemente foi falado aqui mesmo no REB sobre o lançamento do Unglue.it, um site de crowdfunding para livros que, através de contribuições públicas, busca atingir um determinado valor preestabelecido com a intenção de adquirir os direitos digitais de um título já publicado e, sob a licença Creative Commons, distribuí-lo gratuitamente e sem DRM para todos os leitores.

O Unglue.it utilizava o sistema de pagamentos da Amazon (Amazon Payments), mas há pouco mais de uma semana, Eric Hellman, presidente da companhia Gluejar que é responsável pelo Unglue.it, foi informado que a Amazon não iria mais aceitar pagamentos de campanhas de crowdfunding (com exceção do Kickstarter, um site popular de crowdfunding), e ainda que a decisão não vá afetar a distribuição do livro “Oral Literature in Africa” – que já conseguiu atingir sua meta e logo estará pronto para download – está exigindo que o Unglue.it suspenda todas as campanhas ativas e invalide as doações que estão pendentes.

Hellman explica em seu blog que, depois de várias tentativas, ele finalmente conseguiu falar com um diretor de contas sênior da Amazon, que explicou que existem regulamentos e encargos contratuais que a Amazon tem que cumprir e que numa conta de crowdfunding tudo é mais complicado e ainda nebuloso. Eles têm que verificar, por exemplo, se o pagamento não vai para armas de fogo ou álcool e gastam dinheiro para fazer toda esta checagem.

Segundo o diretor, a Amazon só ficou sabendo dessas exigências ao aceitar os pagamentos para o Kickstarter e enquanto não descobrir uma forma de provar que estes pagamentos não estão financiando nada ilegal ou suspeito, resolveu não aceitar mais nenhuma conta deste tipo.

A Amazon não foi a primeira opção do Unglue.it, o Paypal foi o escolhido, mas depois de meses de negociação e tentativas de provar que era uma empresa legítima, o Unglue.it desistiu de esperar pela aprovação e acabou optando pela Amazon Payments. Justamente pelo fato de terem tido problemas do mesmo gênero com o Paypal, Hellman diz que está inclinado a acreditar nas razões apontadas pela Amazon, já que acha improvável que ela os veja como uma grande ameaça aos seus negócios.

De qualquer forma, o Unglue.it já está procurando outras alternativas e Hellman está confiante que o site vai voltar logo à ativa, mas não esconde o desapontamento com a Amazon: “Talvez algum dia, bilhões de pessoas irão ler livros unglued e recordar com espanto dos anos em que a Amazon dominou o mundo dos ebooks”.

Informações: Good E-Reader e The Digital Shift

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Esta página ainda não tem comentários. Quer comentar primeiro?

Deixe um comentário