Gráficos

Americanos Com Tablets São Mais Propensos a Pagar Por Conteúdo

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Esse foi o resultado de uma pesquisa feita pela Nielsen. No estudo, foram avaliados os Estados Unidos, Itália, Reino Unido e Alemanha, e os americanos ficaram entre os que são mais dispostos a pagar por todo tipo de conteúdo, exceto notícias.

Outras descobertas:

  • A maioria dos donos de tablet americanos pagaram por música baixada (62%) e livros (58%) para utilização em seus dispositivos. Cerca de metade paga para ter filmes (51%);
  • A notícia é a categoria de conteúdo superior entre os proprietários de tablets europeus pesquisados​​: 44% dos proprietários de tablets na Itália, 19% dos proprietários de tablets no Reino Unido, e 15% dos proprietários de tablets na Alemanha dizem ter pago por conteúdo de notícias em seus tablets;
  • Entre os países europeus, os italianos são os mais dispostos a pagar por conteúdo de mídia em seu tablet.

Confira também o gráfico:

São resultados interessantes, ainda mais se fizermos uma pequena ponte entre os italianos e nós – dizem por aí que a Itália é o Brasil da Europa. Por aqui, a venda de conteúdo ainda engatinha, e somos conhecidos pela pirataria e pelo “jeitinho brasileiro”. Mas será que, se fossem oferecidos serviços bons e baratos, o brasileiro também não estaria disposto a pagar para consumir?

O Netflix, serviço de aluguel de filmes, chegou por aqui a R$15 por mês, sem limites para o consumidor. Um serviço parecido, o de aluguel de DVDs da Blockbuster, tem seu plano mínimo, com dois DVD por mês, custando R$12,90. É um serviço que chegou agora, mas podemos acompanhar para ver o que vai acontecer.

Livros ainda são caros para aqueles que ganham um salário de R$600, mas serviços de assinaturas que dão acesso a muitos eBooks pode ser o início de um mercado grande por aqui, e da erradicação quase completa da pirataria. Quem está disposto a experimentar?

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

da Redação

Para entrar em contato com a redação do Revolução eBook, escreva para sac@simplissimo.com.br

SimplíssimoAmericanos Com Tablets São Mais Propensos a Pagar Por Conteúdo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.