Brandeira Brasil

Apenas 5% Dos Brasileiros já Leu um Livro Digital

da Redação Autores, Ebooks, Notícias 1 Comment

A pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, realizada pelo Ibope a pedido do Instituto Pró-Livro revelou que o eBook ainda está longe de se tornar popular no Brasil.

Os números mostram que apenas 18% dos 5012 entrevistados de 315 municípios conhecem um livro digital. Desses, 17% leram em um computador e 1% no celular.

Dentre os que já leram, ficamos apenas em 5%. O número, que equivale a 9,5 milhões de pessoas,  e o número de livros eletrônicos lidos por 91% dessas pessoas varia de 1 a 5. As pessoas que leram no digital gostaram, mas acham que o livro digital e o impresso irão coexistir harmoniosamente.

O leitor brasileiro de eBooks é jovem (a maioria tem entre 18 e 24 anos), possui curso superior completo, mora nos Estados do Sudeste e pertence à classe A/B. A maioria não é estudante. Os eBooks gratuitos são a forma preferida dos leitores, segundo 87% dos entrevistados. Apenas 13% dos leitores digitais afirmaram ter comprado o livro.

O escritor e colunista da Folha Ruy Castro, afirma:

Não há demanda de eBooks no Brasil. Isso é um fiasco colossal, as pessoas estão satisfeitas com o livro de papel. O eBook é uma imposição da Amazon.

Muito irônico afirmar isso em um país onde a média de livros é de 4,7 por ano, sendo que a leitura por vontade própria é de apenas 1,3 livros. A população reclama que tanto livros impressos como os digitais são caros demais no Brasil, e o salário mínimo não permite a inserção desse meio de cultura.

Na notícia fornecida pela Veja, Lauro Jardim ainda afirma que “fracassaram os modelos de leitores digitais produzidos no Brasil. Tanto o Cool-ER da Gato Sabido quanto o Alfa da Positivo encalharam e as empresas praticamente pararam de produzir os aparelhos por aqui.”

Vale lembrar que o Cool-ER não é produzido aqui, e que os eReaders só encalharam porque os preços são absurdos, e com o mesmo dinheiro gasto em um desses aparelhos é possível comprar um tablet. Se a Amazon chegar por aqui com o Kindle sendo vendido a menos de R$200 como especula-se, aposto que eles serão mais populares.

Com informações do Portal Correio Centro Oeste.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

da Redação

Para entrar em contato com a redação do Revolução eBook, escreva para sac@simplissimo.com.br

SimplíssimoApenas 5% Dos Brasileiros já Leu um Livro Digital

Comments 1

  1. Concordo plenamente, como as pessoas vão se interessar por estes fiascos de e-readers? Eu mesmo só comprei um kindle por que um colega vai trazer de fora. 500-700 reais não é preço pra um aparelho só pra ler!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *