apple-logo

Apple Abre Loja de eBooks no Brasil em 30 Dias (Não é Pegadinha)

Eduardo Melo Ebooks, Notícias Deixe um comentário

É um pouco estranho essa notícia sair no dia 1º de abril… mas vem de uma fonte séria e faz sentido. Lauro Jardim, na Veja online:

Apple vai sair na frente da Amazon: já avisou as editoras brasileiras que dentro de trinta dias, a iBookstore, seu serviço de venda de livros digitais, estará funcionando no Brasil.

Quem sai ganhando com essa chegada da Apple? Eu diria que todo mundo ganha. Editoras, leitores e até livrarias brasileiras ganham com isso.

Editoras brasileiras: a Apple tem uma plataforma muito eficiente para vender eBooks, com uma remuneração adequada. Existem pelo menos 400 mil iPads no Brasil. E a iBookstore da Apple tem grandes vantagens sobre as outras “livrarias online”: a compra de um eBook é muito mais fácil e rápida, e os ebooks só podem ser vendidos após passar pelo rigoroso controle de qualidade da Apple. E de lambuja, ganham um motivo extra para chorarem um acordo melhor com a empresa de Jeff Bezos.

Consumidores e leitores: os eBooks vendidos na loja iBookstore são, disparadamente, os mais bem acabados e bonitos esteticamente. Sem falar que a leitura funciona sem problemas, já que um livro comprado na iBookstore não precisa de cadastro de AdobeID, nem outras burocracias alucinantes…

Livrarias de eBooks brasileiras: vendo pelo lado positivo, até as livrarias nacionais ganham com a chegada da Apple. É a oportunidade para reavaliar algumas práticas de negócio. Faz sentido vender eBooks com o DRM da Adobe, se ele prejudica a experiência de compra e de leitura? Faz sentido vender eBooks sem ter um aparelho próprio ou, pelo menos, um aplicativo para iOS convincente? Será necessário fazer promoções e oferecer descontos de vez em quando, daqui para frente, a fim de atrair a atenção dos consumidores? A concorrência da Apple, e depois da Amazon, será muito salutar neste sentido.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

Eduardo Melo

Eduardo Melo é fundador da Simplíssimo e seu diretor-executivo desde 2010. É licenciado em História e Mestre em Teoria da Literatura.

SimplíssimoApple Abre Loja de eBooks no Brasil em 30 Dias (Não é Pegadinha)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *