Autores Começam a Investir em Obras Traduzidas

23/03/2012
 / 
por da Redação
 / 

Nos Estados Unidos, muitos autores já fazem certo sucesso com auto publicação. Um artigo no site paidContent cita um exemplo interessante.

A autora Barbara Freethy auto-publicou seus antigos livros fora de impressão para impulsionar as vendas. Fez algumas campanhas no Twitter e Facebook, entrou na lista de mais vendidos do New York Times e vendeu 1.6 milhões de eBooks, com 17 títulos da backlist e um lançamento.

Com um bom sucesso garantido, Freethy quer alçar novos voos. Já traduziu três títulos para três idiomas diferentes: alemão, espanhol e francês, para experimentar.

“Eu contratei um tradutor e um revisor em separado para a prova de tradução de cada livro. Em alguns casos eu usei um segundo revisor, para me certificar se a tradução era tão precisa quanto poderia ser possível. Eu passei pelo site Elance.com para encontrar os tradutores e um outro foi recomendado por um autor. É um processo complicado, mas acredito que o mercado global vai crescer e adoraria deixar minhas histórias disponíveis em todo o mundo em tantas línguas quanto possível.”

E isso inclui nosso país. De acordo com a autora, ela já está fazendo acordos por aqui: “Eu recentemente vendi sete títulos a uma editora brasileira, a Novo Conceito, para a tradução para o Português e de impressão / publicação de eBook no Brasil.”

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

23/03/2012
 / 
por da Redação
 / 

Nos Estados Unidos, muitos autores já fazem certo sucesso com auto publicação. Um artigo no site paidContent cita um exemplo interessante.

A autora Barbara Freethy auto-publicou seus antigos livros fora de impressão para impulsionar as vendas. Fez algumas campanhas no Twitter e Facebook, entrou na lista de mais vendidos do New York Times e vendeu 1.6 milhões de eBooks, com 17 títulos da backlist e um lançamento.

Com um bom sucesso garantido, Freethy quer alçar novos voos. Já traduziu três títulos para três idiomas diferentes: alemão, espanhol e francês, para experimentar.

“Eu contratei um tradutor e um revisor em separado para a prova de tradução de cada livro. Em alguns casos eu usei um segundo revisor, para me certificar se a tradução era tão precisa quanto poderia ser possível. Eu passei pelo site Elance.com para encontrar os tradutores e um outro foi recomendado por um autor. É um processo complicado, mas acredito que o mercado global vai crescer e adoraria deixar minhas histórias disponíveis em todo o mundo em tantas línguas quanto possível.”

E isso inclui nosso país. De acordo com a autora, ela já está fazendo acordos por aqui: “Eu recentemente vendi sete títulos a uma editora brasileira, a Novo Conceito, para a tradução para o Português e de impressão / publicação de eBook no Brasil.”

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Esta página ainda não tem comentários. Quer comentar primeiro?

Deixe um comentário