Brasileiro Encontra Falha de Segurança na Barnes & Noble

01/03/2012
 / 
por da Redação
 / 

Alguns dias atrás, Nate Hoffelder do The Digital Reader havia informado que agora era possível comprar eBooks do site BN.com na Argentina. Isso talvez fizesse parte de um plano de expansão da tradicional cadeia de livrarias para a América do Sul. A alegria não durou muito.

Hoje, uma nova nota esclarece o caso. Na verdade, tudo não passava de uma falha de segurança com mais de três meses de idade do site da Barnes & Noble. Quem descobriu tudo, sem querer, foi Antonio Hermida, um dos colaboradores do Revolução eBook e gerente de produção da Simplíssimo Livros.

Em uma viagem à Argentina, Antonio mostrou a uma amiga como conseguia comprar eBooks na loja do nook sem precisar de subterfúgios (a B&N só vende eBooks nos EUA ou no Canadá. Para comprar por aqui, é preciso alguns “truques”). Um tweet na internet e tudo virou uma bagunça. A livraria entrou em contato com os envolvidos para maiores esclarecimentos.

3 dias atrás (eu acho), meu estado no site foi alterado (cartão de crédito inválido ou algo parecido) e os livros não podiam mais ser comprados a partir do meu nook touch.

Os dois livros que eu adquiri foram baixados sem proxy ou qualquer coisa de “hacker”. O segundo foi comprado em uma loja de livros com a rede aberta.

Agora, já não é mais possível realizar o mesmo procedimento, a livraria já resolveu o problema e consertou a falha de segurança. Algumas vendas equivocadas de eBook podem ser violações de contrato e, potencialmente, violação de direitos autorais. E a Barnes & Noble ainda não tem os direitos para vender eBooks fora os EUA (com exceção do Canadá).

bn-antonio

Imagem das transações canceladas após o aviso

 

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

01/03/2012
 / 
por da Redação
 / 

Alguns dias atrás, Nate Hoffelder do The Digital Reader havia informado que agora era possível comprar eBooks do site BN.com na Argentina. Isso talvez fizesse parte de um plano de expansão da tradicional cadeia de livrarias para a América do Sul. A alegria não durou muito.

Hoje, uma nova nota esclarece o caso. Na verdade, tudo não passava de uma falha de segurança com mais de três meses de idade do site da Barnes & Noble. Quem descobriu tudo, sem querer, foi Antonio Hermida, um dos colaboradores do Revolução eBook e gerente de produção da Simplíssimo Livros.

Em uma viagem à Argentina, Antonio mostrou a uma amiga como conseguia comprar eBooks na loja do nook sem precisar de subterfúgios (a B&N só vende eBooks nos EUA ou no Canadá. Para comprar por aqui, é preciso alguns “truques”). Um tweet na internet e tudo virou uma bagunça. A livraria entrou em contato com os envolvidos para maiores esclarecimentos.

3 dias atrás (eu acho), meu estado no site foi alterado (cartão de crédito inválido ou algo parecido) e os livros não podiam mais ser comprados a partir do meu nook touch.

Os dois livros que eu adquiri foram baixados sem proxy ou qualquer coisa de “hacker”. O segundo foi comprado em uma loja de livros com a rede aberta.

Agora, já não é mais possível realizar o mesmo procedimento, a livraria já resolveu o problema e consertou a falha de segurança. Algumas vendas equivocadas de eBook podem ser violações de contrato e, potencialmente, violação de direitos autorais. E a Barnes & Noble ainda não tem os direitos para vender eBooks fora os EUA (com exceção do Canadá).

bn-antonio

Imagem das transações canceladas após o aviso

 

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Deixe um comentário