presenteie com livros!

Coloque eBooks na Árvore de Natal

Maurem Kayna Ebooks 11 Comments

Boa parte da chamada indústria do entretenimento programa seus lançamentos para essa época que antecede o natal, com a intenção de chamar a atenção dos consumidores oferecendo alternativas de presentes para a família, amigos, o tradicional amigo oculto da empresa e por aí segue. Aliás, não foi à toa que a Amazon lançou a nova família Kindle neste período do ano.

Para a restrita fatia da população brasileira que alimenta o hábito da leitura, livros estão nesse rol de opções e todas as megastores entram na onda das promoções e lançamentos.  E os eBooks, como estão contemplados? O mercado editorial, as livrarias ou os consumidores enxergam o eBook como uma alternativa real?

Numa rápida passada pelos sites das principais livrarias online, vejamos o cenário encontrado:

  • A FNAC vende eReaders, mas não eBooks (!?). Nas suas chamadas para o Natal, não há nenhuma promoção envolvendo os eReaders e não se nota nenhum esforço da rede para sua venda; dos males o menor, entre os top 1o itens de promoção, ao menos há livro físico…;
  • Na Saraiva, o site chama atenção para as promoções e classifica os possíveis presentes por faixa de preço / tipo de produto – então, se você quiser dar um presente de até R$20, seleciona direto entre as categorias Livros, DVDs Filmes e DVDs Shows (bastante prático), mas nas 38 páginas (sim, eu percorri cada uma!) com o resultado da pesquisa na categoria Livros (593 itens por menos de R$20!), não havia um único eBook;
  • No Submarino o Papai Noel está mais interessado em eletroeletrônicos e ao acessar a Gato Sabido, não há ainda promoções natalinas;
  • O Ponto Frio sequer facilita a vida do cliente indicando a categoria eBook ou livro digital, ao pesquisar um livro é que você descobre se ele está à venda em versão digital ou não;
  • Já a Cultura, que ainda não está com “reclames” natalinos, coloca eBooks nos destaques da página inicial, indicando títulos (naturalmente com algum custo para a editora, como acontece nas gôndolas das lojas físicas).

E você, enquanto presenteador ou presenteado, colocou eBooks na lista de desejos?

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.000 autores e editoras. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoColoque eBooks na Árvore de Natal

Comments 11

  1. Maurem com certeza na minha lista de papai noel estão os e-books, já falei para minha mãe este ano me dar dinheiro para eu depositar e depois comprar e-books na Amazon e Kobo, depois que começei a ler e-books os livros físicos já não fazem parte da minha vida diária, o e-reader sim é companheiro de todas as horas rs.

      1. Post
        Author

        Na Cultura isso é fácil, Stella, basta você ter o endereço de e-mail da pessoa (claro, para que tudo funcione bem, o presenteado precisa ter o Adobe Digital Editions instalado) e ela receberá o link para download. Nas demais livrarias ainda não testei, mas vou investigar…

      2. Post
        Author

        Verdade seja dita… leitura já não é um hábito arraigado entre nós brasileiros, e-books, ainda mais longe disso… mas para quem já está minimamente inserido nesse contexto… é uma possibilidade. Mas a compra de e-books para dar de presente (no caso da Cultura) pode ser feito pelo site… se bem que adoraria ver em todas as lojas de todas as livrarias que vendem e-books a mesma iniciativa que a cultura teve em SP, de ter uma estante com as capas dos e-books… de permitir ao leitor a degustação na própria loja…

    1. Post
      Author

      Eu mantenho os dois na minha vida, Marta. Gosto de livros, não importa onde… sigo comprando tanto e-books como impressos. E já dei e-books de presente, mas o rol de amigos que já aderiu a essa plataforma é ainda bem restrito.

  2. Adoraria ganhar ebooks de presente, mas há muito poucas opçōes em termos de literatura e livros na área de ciências humanas ou artes, que são as que me interessam. Já em inglês, na amazon e na applestore, a coisa muda um pouco de figura.

    1. Post
      Author

      as opções ainda são restritas mesmo Paula, mas a própria amazon já tem mostrado crescimento no nº de títulos em português, ou ao menos espalhol que já abre o leque … a maioria de autores independentes, mas dentre os quais se encontra material de valor.

  3. Genial esta ideia. Hoje em dia o habito de leitura foi reinventado…não gosto de ser pessimista e dizer que está em vias de extinção. É possível achar uma forma mais prazerosa de se ler, se for por talbets ou smartphones…tudo bem! O importante é ler!
    Fica a dica para quem quer presenter com o tablet alguém neste Natal: eu incomendei o meu pelo mercadodireto.com . É só indicar o produto que eles compram pra vc, mandam em casa, em poucos dias, e com garantia!

    1. Post
      Author
  4. Estou viciada em e-books. Leio-os no meu Ipad com muita facilidade. Gosto muito da Saraiva e Iba. Os livros da Cultura e Gato Sabido não abriram no Ipad. Dinheiro jogado fora e pessoas desinformadas na resolução do problema. Gostaria de pedir de presente de amigo oculto, mas como fazer? Pedir dinheiro. Acho iessa postura puramente materialista e consumista. No meu local de trabalho, então, nem pensar. Pedir dinheiro? Cultura rudimentar,não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *