Comediante Louis CK

Comediante Vende Seu Conteúdo Sem DRM e Chega a 110 mil Downloads

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Comédia e vídeos não têm muito a ver com o assunto que tratamos aqui, mas o modo como são comercializados, sim. O site TeleRead publicou uma reportagem sobre Louis CK, um comediante que resolveu vender um vídeo especial de seu show de uma forma diferente do que estamos acostumados.

Louis colocou o vídeo de seu show para venda em seu site, via streaming ou download, sem DRM. Antes disso, perguntou aos seus espectadores quanto eles achavam justo pagar para não piratearem sem conteúdo. Colocou então o conteúdo à venda por US$5.

Os resultados foram incríveis. Em apenas quatro dias de venda, Louis vendeu mais de 110 mil cópias de seu especial, faturando o equivalente a US$550 mil. O show ao vivo já havia sido pago com os ingressos, e após deduzir taxas de hospedagem e do PayPal, sobraram US$200 mil.

Isso é menos do que eu teria sido pago por uma grande empresa para simplesmente fazer o show e deixá-los venderem a vocês, mas eles teriam cobrado cerca de US$20 pelo vídeo. Eles teriam dado a você um vídeo criptografado e regionalmente restrito de valor limitado, e eles teriam possuído suas informações privadas para uso próprio. Eles teriam retido disponibilidade internacional por tempo indeterminado. Desta forma, você só pagou US$5 e pode usar o vídeo do jeito que quiser, e pode vê-lo em Dublin, uma cidade na Bélgica, ou Dubai. Eu fui bem pago, e eu ainda possuo o vídeo (como você). Você nunca vai precisar fazer um cadastro, e você nunca precisará saber nada de nós novamente.

Claro que, como o site aponta, nem todos os artistas podem fazer o que Louis fez. Por um lado, ele é já famoso (um vídeo viral de sua aparição no filme Conan e um programa de TV que ele estrela deve ter ajudado), e ele é capaz de produzir seu próprio conteúdo. E ele também tem a novidade ao seu lado, ele é o único lá fora, tentando algo parecido com isso agora. Se todo mundo faz isso, suas experiências terão sucesso?

Ainda assim, é uma história de experiência que serve para pensarmos. Muito mais simples do que gravar um vídeo de boa qualidade de um show, editá-lo e armazená-lo para download ou streaming em algum site de hospedagem é escrever um bom eBook.

Lógico que um bom eBook exige um bom autor, mas nesse caso visto também precisamos de um bom comediante. Se ele não fosse bom, ninguém compraria. Não é difícil para um autor independente ou para uma editora seguirem o mesmo caminho. Para as editoras, não é necessário colocar todo o seu acervo digital sem DRM, mas é possível realizar experimentos com dois ou três volumes para ver o que acontece. Os que experimentarem saberão mais sobre o mercado que os outros.

Vale a pena, em muitos itens diferentes. E para autores independentes então, nem se fala. Se você quer ficar conhecido sem gastar milhões em marketing, travar o seu conteúdo e deixar sua compra complicada é um tiro no pé sem nem mesmo ter começado nada.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

da Redação

Para entrar em contato com a redação do Revolução eBook, escreva para sac@simplissimo.com.br

SimplíssimoComediante Vende Seu Conteúdo Sem DRM e Chega a 110 mil Downloads

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *