Criador do Famoso eBook de Alice Acha Que Editoras Não se Preocupam Com Design

da Redação Ebooks, Notícias 1 Comment

O boom dos eBooks no iPad começou de forma diferente. Com o lançamento do aplicativo do livro Alice no País das Maravilhas – lançado por uma pequena empresa, e não por uma grande editora –, tudo mudou. De repente, a interatividade de objetos passou a fazer parte das histórias, e abriu-se um novo mundo aos desenvolvedores e proprietários de tablet: histórias e livros não precisavam ser estáticos.

Ao preço de US$8,99, o aplicativo se tornou o favorito da Oprah e está instalado em mais de 500 mil iPads. O segredo, de acordo com o criador Chris Stevens, é o bom conteúdo, e não a tecnologia. Ele deu uma entrevista para o site The Toronto Review of Books, e nela afirma que as editoras não estão se preocupando em digitalizar corretamente seus livros.

“Estou desesperado para ver a indústria do livro produzir algum trabalho que me deixe impressionado, mas por enquanto há alguns clones de Alice e não muito mais do que isso. Eu posso ver exatamente porque isso está acontecendo. As principais editoras abdicaram completamente da responsabilidade de produzir as versões digitais de seus catálogos: é tudo entregue a amadores. Você vê isso em toda a indústria. Do horror de digitação da maioria dos eBooks, até os títulos medíocres para iPad sendo produzidos.” ele afirma.

A afirmação é forte. Isso porque praticamente todo mundo está correndo atrás de levar seus livros ao iPad. Existem até mesmo boas editoras especializadas nisso, como a Nosy Crow. Entretanto, ele não está muito errado. Apesar de os apps de histórias da Nosy Crow serem muito bonitos e diferentes. não há nenhum divisor de águas como o livro de Alice ainda.

Sobre os clones que ele cita, temos um bom exemplo no Brasil, onde a Editora Globo pagou uma fortuna para ver a obra Reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato, ser transformado em um app de iPad tão revolucionário quanto o da Alice, só quase um ano depois.

Com informações do eBookNewser.

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.000 autores e editoras. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoCriador do Famoso eBook de Alice Acha Que Editoras Não se Preocupam Com Design

Comments 1

  1. Pingback: O momento pós convergente dos livros digitais | Webinsider

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.