Crowdfunding para converter romances Sci-Fi raros em eBooks

Daniel Pavani Ebooks 3 Comments

Sabe aquele livro antigo de ficção científica que você tem em sua prateleira, aquele escrito por Philip K. Dick ou um clássico do Asimov que já não é mais publicado e que ainda não foi convertido para uma versão digital? Bom, já existe um movimento para convertê-los e disponibilizá-los gratuitamente.

Uma iniciativa da livraria Singularity&Co, de Nova York, está tentando fazer com que todos aqueles livros “bizarros”  e “lado B” de ficção científica, principalmente os menos conhecidos, seja convertidos para eBooks, e preservados do nebuloso futuro que os sebos podem ter.

A campanha começou no Kickstarter – plataforma que dá espaço para projetos arrecadarem financiamento – sob o nome de Save the Sci-Fi. De uma pedida inicial de US$ 15 mil (que é o quanto o projeto necessitava, no mínimo), ele já conseguiu mais de US$ 50 mil.

A ideia é “salvar” um livro por mês e disponibilizá-lo de graça na internet. Mas não qualquer livro. Apenas livros  – de ficção científica, claro – que já não são mais publicados e que estão no “limbo dos direitos autorais” serão  utilizados.

Fonte: The Guardian.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

Daniel Pavani

SimplíssimoCrowdfunding para converter romances Sci-Fi raros em eBooks

Comments 3

  1. de fato, muitos scifi ganharam a vida em revistas já extintas como Astounding ou Weird Tales. SOS!

  2. Pingback: Ebooks para qualquer pessoa fazer e vender | Revolucaoebook.com.br - notícias e opiniões sobre ebooks, livrarias e o mercado do ebook - Revolucaoebook.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.