Dica de produção: definindo um sumário para a Amazon

Fernando Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Seguidamente nos chegam pedidos de informações sobre erros de conversão para eBooks, que aparecem nos livros enviados pelos editores e/ou autores para venda na Amazon. Muitos destes pedidos têm a ver com o sumário do eBook. Entre as várias especificações da Amazon para a venda na sua loja, uma delas é a obrigatoriedade da presença de um sumário interno no eBook.

Dois sumários?

Para entender melhor é bom lembrar que um eBook no formato ePub pode possuir dois sumários. Um sumário que gosto de chamar “externo” porque a apresentação dele é feita pelo software de leitura e ele não encontra-se no fluxo do texto. Tecnicamente este sumario está em um arquivo com a extensão .ncx, dentro do arquivo ePub, e usa uma linguagem pouco conhecida – o DTBook. É complicado e chato entender o funcionamento do sumário externo. Os softwares de produção como o Indesign ou o Sigil podem criar este arquivo automaticamente.

No ePub, este sumário “externo” é obrigatório.

Existe a possibilidade de criar um sumário interno em formato XHTML . Ou seja, um sumário que está presente no fluxo do texto e que o leitor irá encontrar quando “folhear” o eBook. Muitos editores gostam deste sumário pelo fato de poder formatar de maneira igual ao livro impresso.

Pode parecer redundante a presença dos dois sumários (e as vezes é!), mas em alguns livros como os jurídicos, por exemplo, é possível combinar os dois tipos de sumários para criar uma navegação mais precisa.

O sumário interno não é obrigatório no ePub, mas é obrigatório para a Amazon.

Definindo um sumário interno

No seu arquivo ePub que será enviado para a venda na Amazon é obrigatório a presença do sumário interno com os links para os vários capítulos e partes do livro. Além disto é fundamental informar que determinado arquivo é o sumário do livro (declaração semântica). Vamos ver como fazer isto usando o Sigil

1. Abra seu arquivo ePub e clique com o botão direto no arquivo do sumário presente na lista de arquivos no lado esquerdo da tela.

2. Selecione a opção “sumário”

3. Salve seu arquivo.

No Sigil é fácil fazer a declaração semântica para o sumário.

Para ter certeza que o Sigil fez tudo certinho basta abrir o arquivo content.opf e ir até o fim do arquivo.

Você deveria ter algo parecido com isto:

Você deve ter no arquivo content.opf algo parecido com isto!

Como disse antes, se não houver problemas, o Sigil fará tudo para você automaticamente.

Se você quiser conhecer em mais detalhes outras dicas e técnicas para produção profissionao de eBooks, participe do meu Workshop Produção de eBooks em ePub. As inscrições estão abertas para São Paulo, Rio de Janeiro e outras capitais. Para quem está começando e precisa praticar seriamente, também ofereço o Curso Online Produzir eBooks em ePub, ideal quem mora longe do Sudeste ou não pode se ausentar do seu trabalho.

Especificações da Amazon

Embora a Amazon aceite receber das editoras e autores arquivos em formato ePub, ela utiliza um formato proprietário, o mobi, ou o AZW, que é basicamente o mobi com um sistema de compreensão e proteção próprios da Amazon.  Na tentativa de melhorar o suporte à tipografia nos livros e a recursos de formatação mais avançados, a Amazon criou o KF8, que utiliza como base o html5. Ambos, mobi e kf8, são formatos proprietários e as especificações e direitos de uso pertencem à Amazon. A Amazon tem outras especificações para os arquivos, mas é assunto para outro dia.

No mês de março, estarei ministrando alguns cursos da Simplíssimo sobre produção de eBooks, especificamente o Workshop Produção de eBooks em ePub e ePub3 para eBooks Avançados, em SP e no RJ. Quem não pode ir até lá, pode fazer também o meu Curso Online, que mostra didaticamente o passo-a-passo para produzir ebooks em ePub a partir do InDesign, além de explicar como fazer a pós-produção do ePub.

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoDica de produção: definindo um sumário para a Amazon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *