Diesel Books Responde a Jonathan Franzen

da Redação Autores, Notícias Deixe um comentário

Antes da notícia mais atual, vamos relembrar: algumas semanas trás, noticiamos aqui no Revolução que o aclamado autor americano Jonathan Franzen considerava os eBooks uma ameaça à sociedade. Ironicamente, Franzen possui alguns livros seus à venda no formato digital. À época, ele disse:

“Eu acho que, para os leitores sérios, um sentido de permanência tem sido sempre parte da experiência. Todo o resto na sua vida é fluido, mas este texto não muda. Haverá ainda leitores daqui a 50 anos que se sentirão assim? Que têm essa fome de algo permanente e imutável? Eu não tenho uma bola de cristal. Mas eu tenho medo que vai ser muito difícil fazer o mundo funcionar se não houver permanência assim. Esse tipo de contingência radical não é compatível com um sistema de justiça ou auto-governo responsável.”

Agora, Frank Coelho, da Diesel Books, uma das maiores livrarias online de eBooks independente do mundo, resolveu responder ao autor, enviando junto um desafio:

Caro Sr. Franzen:

Estamos corrigindo.

Como a maior eBookstore independente do mundo, nós estávamos com a impressão errada de que, obviamente, nós éramos mais do que capitalistas mesquinhas. Nós ingenuamente pensamos, você vê, que nós estávamos levando a nossos companheiros humanos um pouco de algo sólido, tornando mais fácil para eles ler um pouco mais – assumindo que você teria visto isso como uma coisa boa, certo?

Estávamos claramente errados.

Dado que, como você diz, o negócio do eBook … o nosso negócio … É  “prejudicial à sociedade” (como, digamos, uma fratura hidráulica), talvez deveríamos ter atuado em um campo mais benigno (como horticultura, digamos, ou entomologia.)

Na verdade, devemos pedir-lhe desculpas por realmente transportar e vender (muito rapidamente, poderíamos acrescentar) os seus livros em formato digital. Nós só podemos teorizar que você aceita os lucros com relutância, e que você deve ter muitos conflitos internos sobre o seu papel no desencadeamento do mal indescritível sobre o planeta.

Para limpar a nossa consciência, surgiu uma idéia que pode nos ajudar a dormir mais tranquilamente durante a noite. Estamos dispostos e preparados a doar US$500 em downloads de seu mais recente romance, Freedom, para a uma instituição de caridade de sua escolha.

Nós sabemos, nós sabemos … não estamos oferecendo livros reais, mas nós pensamos que nós estamos propondo que você faz por sua vez, mais do que compensar isso.

Nós simplesmente pedimos que você corresponda ao número de cópias eletrônicas que doaremos com o número equivalente de cópias de capa dura de Freedom. Vamos ver, que deve ser em torno de 35 ou menos, passando pelo preço médio. Estamos certos de que sua editora ou agente não irá se importar de gastar um tempo para a embalá-los e enviá-los a você.

Ah, e se você preferir enviar 35 cópias manuscritas (de preferência usando uma pena) em vez disso, uma vez que transmitem a permanência com mais precisão, que você valoriza tanto, entusiasticamente incentivamos você a fazê-lo. Não há nada como a “mágica” de páginas, escritas de verdade por um autor – como costumavam fazer no período Cretáceo, quando os dinossauros viviam na Terra.

O que você acha? Temos um acordo, Franzen?

Por favor, responda o mais breve possível para frank.coelho@diesel-ebooks.com (se você usa e-mail), para que possamos bater o martelo os detalhes.

Sarcástico e belo.

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoDiesel Books Responde a Jonathan Franzen

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *