Digitalização de livros pessoais é tendência na Ásia

Elis Nunes Ebooks, Notícias Deixe um comentário

A digitalização de livros pessoais sempre assombrou as editoras, ainda mais agora que isso se tornou uma prática bastante comum, principalmente na Ásia. Na Rússia, por exemplo, a Bookmate incentiva os leitores a scanear seus livros e armazena-los no site para que possam ser lidos em qualquer lugar. Enquanto no Japão, há um serviço que digitaliza rapidamente um livro inteiro. Ou seja, não é mais necessário esperar a editora transformar seu catálogo em ebook.

O Goolge Book Search e sites similares como o DIYbookscanner.org também são bons aliados do leitor e uma ameaça as editoras, já que ainda não há uma lei concreta sobre digitalizar seus próprios livros. A lógica por trás desses sites é que você tem o direito de fazer com seus livros o que quiser.

No entanto, as editoras temem que os serviços oferecidos nos países asiáticos e essas práticas existentes na web se espelhem mundo à fora, mas é como Edward Nawotka, da Publishing Perspectives diz: “Eu acredito que é necessário um fanático para se dar todo o trabalho de scanear e fazer o upload. Porém, isso vale à pena? Vale à pena também pagar para que alguém faça isso?”.

Veja a matéria completa em Publishing Perspectives.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

Elis Nunes

Twitter

É formada em Produção Editorial e atua no mercado há oito anos, principalmente como diagramadora e designer de livros freelancer.

SimplíssimoDigitalização de livros pessoais é tendência na Ásia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.