Ebook brasileiro vendeu 100 mil cópias no final de semana

01/04/2013
 / 
por Eduardo Melo
 / 

Os ebooks da trilogia 50 tons de cinza eram, até o final de semana, os ebooks mais vendidos no Brasil. Eram. No último sábado, tudo mudou. Após iniciar as vendas do ebook “O Cachorrinho Riu”, do autor americano Arturo Bandini, no início da tarde de sábado, a livraria Gato Sabido registrou mais de 100 mil vendas do ebook em pouco mais de 24 horas. Com preço de R$ 39,90 e disponível somente em PDF, o ebook (com apenas 50 páginas) narra a história pessoal de Arturo Bandini e seu cachorrinho, em uma jornada de iluminação pessoal na Los Angeles dos anos 1960.

Aviso: este texto é uma piada do 1º de Abril de 2013. A “notícia” relatada aqui é uma invenção.

Sob condição de anonimato, um dos gerentes de marketing da editora Âmago, responsável pela versão brasileira do novo fenômeno literário, comentou o volume surpreendente de vendas. Na visão dele, o resultado foi reflexo direto da criatividade da editora no marketing do formato digital:

“Estamos no caminho certo. Sempre soubemos que não precisávamos ser criativos, nem fazer promoções, porque os ebooks praticamente se vendem sozinhos. Essa história de que ebooks são caros, que precisam ser muito mais baratos que os impressos para chamar a atenção dos leitores… é a maior balela, e aí está a prova. Um texto meia-boca, uma capa com um cachorrinho bonitinho, mais um ou dois banners de divulgação, e as vendas explodem. Não precisa inovar, nem abrir a mente para novas ideias. É só colocar à venda e pronto, vende. As editoras não precisam se preocupar com o formato digital, as vendas vem ao natural.”

Se os resultados entusiasmam a editora, não empolgam muito os especialistas do mercado editorial. Para John Fante, consultor e especialista em ebooks, os números poderiam ser melhores.

“Eu estava a par do lançamento brasileiro de Cachorrinho Riu e acompanhei o início das vendas. Se a divulgação fosse mais concentrada nas redes sociais, se o preço do livro fosse 37,45% menor e se Vênus estivesse em Peixes – em Peixes, não em Libra, como estava, o resultado teria pendido para uma posição pelo menos 55% melhor. Considero este resultado, de 100 mil vendas em 24 horas, apenas satisfatório. É bom, mas poderia ser bem melhor”

Confira mais detalhes neste link.

Ok, um último aviso

O blog Ethic Alarms foi o balizador das notícias que publicamos hoje no Revolução eBook. Você pode conferir a abordagem do Ethic Alarms para os limites éticos para notícias fictícias no dia 1º de abril. Sim, hoje é 1º de abril… e as notícias acima não são verdadeiras!

Na notícia sobre o primeiro ebook a ultrapassar 100 mil vendas, Arturo Bandini e seu livro “O Cachorrinho Riu”, citados no texto, foram extraídos do  livro Pergunte ao Pó, de John Fante – o “consultor” que aparece na notícia.

Paulo Coelho, um grande apoiador do compartilhamento de arquivos e da pirataria em geral, jamais processaria a si próprio… nenhum gênio é  tão louco assim. Mas é verdade que ele já fez parceria com o Pirate Bay, como a notícia refere.

Jeff Bezos nunca concedeu entrevista a Al Bundy – porque Al Bundy não é um jornalista, mas um personagem do antigo seriado americano “Married with Children”. E por mais competitivo que seja, nada do que é dito sobre Jeff Bezos no texto é verdade. Exceto que ele realmente retirou do fundo do mar os motores de um foguete Apollo – só essa parte é verdade, como descrita na matéria citada da Forbes.

E por fim… a Adobe jamais lançaria um aplicativo com nome de cerveja, e que fizesse conversão de PDF para ePub em um clique, que fosse eficiente e funcionasse de forma “automágica”, inclusive para livros complexos. Com a tecnologia atual, isso está muito longe de ser viável.

Enfim… para rir e se divertir com outras notícias famosas do 1º de abril, veja esta lista com as 100 melhores piadas já feitas no dia da mentira, como a da “ilha de San Serrif”, a colheita de spaghetti na Suíça e os pinguins voadores.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

01/04/2013
 / 
por Eduardo Melo
 / 

Os ebooks da trilogia 50 tons de cinza eram, até o final de semana, os ebooks mais vendidos no Brasil. Eram. No último sábado, tudo mudou. Após iniciar as vendas do ebook “O Cachorrinho Riu”, do autor americano Arturo Bandini, no início da tarde de sábado, a livraria Gato Sabido registrou mais de 100 mil vendas do ebook em pouco mais de 24 horas. Com preço de R$ 39,90 e disponível somente em PDF, o ebook (com apenas 50 páginas) narra a história pessoal de Arturo Bandini e seu cachorrinho, em uma jornada de iluminação pessoal na Los Angeles dos anos 1960.

Aviso: este texto é uma piada do 1º de Abril de 2013. A “notícia” relatada aqui é uma invenção.

Sob condição de anonimato, um dos gerentes de marketing da editora Âmago, responsável pela versão brasileira do novo fenômeno literário, comentou o volume surpreendente de vendas. Na visão dele, o resultado foi reflexo direto da criatividade da editora no marketing do formato digital:

“Estamos no caminho certo. Sempre soubemos que não precisávamos ser criativos, nem fazer promoções, porque os ebooks praticamente se vendem sozinhos. Essa história de que ebooks são caros, que precisam ser muito mais baratos que os impressos para chamar a atenção dos leitores… é a maior balela, e aí está a prova. Um texto meia-boca, uma capa com um cachorrinho bonitinho, mais um ou dois banners de divulgação, e as vendas explodem. Não precisa inovar, nem abrir a mente para novas ideias. É só colocar à venda e pronto, vende. As editoras não precisam se preocupar com o formato digital, as vendas vem ao natural.”

Se os resultados entusiasmam a editora, não empolgam muito os especialistas do mercado editorial. Para John Fante, consultor e especialista em ebooks, os números poderiam ser melhores.

“Eu estava a par do lançamento brasileiro de Cachorrinho Riu e acompanhei o início das vendas. Se a divulgação fosse mais concentrada nas redes sociais, se o preço do livro fosse 37,45% menor e se Vênus estivesse em Peixes – em Peixes, não em Libra, como estava, o resultado teria pendido para uma posição pelo menos 55% melhor. Considero este resultado, de 100 mil vendas em 24 horas, apenas satisfatório. É bom, mas poderia ser bem melhor”

Confira mais detalhes neste link.

Ok, um último aviso

O blog Ethic Alarms foi o balizador das notícias que publicamos hoje no Revolução eBook. Você pode conferir a abordagem do Ethic Alarms para os limites éticos para notícias fictícias no dia 1º de abril. Sim, hoje é 1º de abril… e as notícias acima não são verdadeiras!

Na notícia sobre o primeiro ebook a ultrapassar 100 mil vendas, Arturo Bandini e seu livro “O Cachorrinho Riu”, citados no texto, foram extraídos do  livro Pergunte ao Pó, de John Fante – o “consultor” que aparece na notícia.

Paulo Coelho, um grande apoiador do compartilhamento de arquivos e da pirataria em geral, jamais processaria a si próprio… nenhum gênio é  tão louco assim. Mas é verdade que ele já fez parceria com o Pirate Bay, como a notícia refere.

Jeff Bezos nunca concedeu entrevista a Al Bundy – porque Al Bundy não é um jornalista, mas um personagem do antigo seriado americano “Married with Children”. E por mais competitivo que seja, nada do que é dito sobre Jeff Bezos no texto é verdade. Exceto que ele realmente retirou do fundo do mar os motores de um foguete Apollo – só essa parte é verdade, como descrita na matéria citada da Forbes.

E por fim… a Adobe jamais lançaria um aplicativo com nome de cerveja, e que fizesse conversão de PDF para ePub em um clique, que fosse eficiente e funcionasse de forma “automágica”, inclusive para livros complexos. Com a tecnologia atual, isso está muito longe de ser viável.

Enfim… para rir e se divertir com outras notícias famosas do 1º de abril, veja esta lista com as 100 melhores piadas já feitas no dia da mentira, como a da “ilha de San Serrif”, a colheita de spaghetti na Suíça e os pinguins voadores.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Esta página ainda não tem comentários. Quer comentar primeiro?

Deixe um comentário