bandeira da china

eBooks Ajudam Chineses a Publicar Sem Censura

da Redação Autores, Notícias Deixe um comentário

A censura na China é muito forte. Toda a produção de conteúdo é vistoriada pelo governo, que proíbe a circulação e veiculação de textos, livros, filmes e outros tipos de mídia que possam, de alguma forma, falar mal do governo.

Porém, a internet é um “país” livre, em que todos têm muita liberdade para falar. E, mais ainda, ela protege alguns anônimos e leva informações com muita velocidade. E é disso que os chineses estão se utilizando para espalhar suas ideias e palavras, com a ajuda dos eBooks e da internet.

Novos escritores, para serem lidos, postam suas histórias em sites de ficção, e alguns poucos conseguem até mesmo um bom dinheiro com pagamentos por download de eBooks. Escritores mais famosos, porém, se utilizam da pitada de liberdade dos regulamentos de censura que recaem sobre editoras convencionais.

“Um autor de internet muito bem-sucedido é Murong Xuecun. Em 2002, ele colocou o seu primeiro romance na internet: Leave Me Alone: ​​A Novel de Chengdu. Isso causou bastante polêmica e foi aceito por um editor, posteriormente ganhando prêmios e sendo traduzido. Murong tem sido, e continua a ser, um crítico do sistema chinês, que ele chama de “podre” e “corrupto”, e continua a publicar suas críticas online.” informa uma matéria no The Guardian.

Na China, é normal preferirem o impresso, que paga mais e rende prêmios – apenas alguns autores chineses ganharam prêmios com eBooks. Mas Xuecun uniu as duas coisas, e publica a obra completa na internet, e uma versão “censurada” no impresso.

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoeBooks Ajudam Chineses a Publicar Sem Censura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *