eBooks Passaram Livros Impressos nos Top 50 do USA Today

12/01/2012
 / 
por da Redação
 / 

Em seu site, o USA Today mantém uma lista dos 50 livros mais vendidos nos Estados Unidos. Em julho de 2011, entre os 50 títulos mais vendidos, apenas 25 deles tinham vendas mais expressivas em eBooks do que em livros impressos.

Porém, o levantamento do site agora no final do ano mostrou que, nos dias que seguiram após o Natal, 42 dos 50 títulos venderam melhor em eBook do que em formato físico. O motivo disso seriam os milhões de leitores de livros digitais que foram desembrulhados no dia 25 de dezembro. A Amazon informou que vendeu 5 milhões de Kindle Fire, enquanto que a Barnes & Noble relatou 2 milhões de aparelhos vendidos.

Segundo o site, um em cada 5 americanos estão se embrenhando na leitura digital agora no final de 2011 e início de 2012. Os números mostrados também revelaram que, de outubro até o dia do Natal, as vendas de livros digitais caíram expressivamente, pelo fato de que as pessoas preferiram comprar livros impressos de presente, mesmo com a existência de cartões vale-presente. Faz sentido, pois eBooks – não confunda com eReaders e tablets – ainda não são vistos como presentes.

Michael Norris, analista da empresa de pesquisas Simba Information, acredita que, de agora em diante, as vendas de eBooks irão dar uma acalmada, revelando pequenos picos ao longo do ano. “O período pós-Natal, para os eBooks, é como o período pré-Halloween para as abóboras”, explica. Isso tudo indica que as vendas de eBooks passaram de 10% para 20% de um ano para outro, enquanto a venda de livros impressos caiu em 8%.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

12/01/2012
 / 
por da Redação
 / 

Em seu site, o USA Today mantém uma lista dos 50 livros mais vendidos nos Estados Unidos. Em julho de 2011, entre os 50 títulos mais vendidos, apenas 25 deles tinham vendas mais expressivas em eBooks do que em livros impressos.

Porém, o levantamento do site agora no final do ano mostrou que, nos dias que seguiram após o Natal, 42 dos 50 títulos venderam melhor em eBook do que em formato físico. O motivo disso seriam os milhões de leitores de livros digitais que foram desembrulhados no dia 25 de dezembro. A Amazon informou que vendeu 5 milhões de Kindle Fire, enquanto que a Barnes & Noble relatou 2 milhões de aparelhos vendidos.

Segundo o site, um em cada 5 americanos estão se embrenhando na leitura digital agora no final de 2011 e início de 2012. Os números mostrados também revelaram que, de outubro até o dia do Natal, as vendas de livros digitais caíram expressivamente, pelo fato de que as pessoas preferiram comprar livros impressos de presente, mesmo com a existência de cartões vale-presente. Faz sentido, pois eBooks – não confunda com eReaders e tablets – ainda não são vistos como presentes.

Michael Norris, analista da empresa de pesquisas Simba Information, acredita que, de agora em diante, as vendas de eBooks irão dar uma acalmada, revelando pequenos picos ao longo do ano. “O período pós-Natal, para os eBooks, é como o período pré-Halloween para as abóboras”, explica. Isso tudo indica que as vendas de eBooks passaram de 10% para 20% de um ano para outro, enquanto a venda de livros impressos caiu em 8%.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Esta página ainda não tem comentários. Quer comentar primeiro?

Deixe um comentário