Editora Big Six Simon & Schuster

eBooks Serão 17% Das Vendas da Simon & Schuster em 2011

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Esses dados saíram no site The Bookseller, em uma carta de Carolyn Reidy – CEO e presidente da Simon & Schuster, uma das maiores editoras do mundo integrante do famoso grupo Big Six – aos seus funcionários. De Nova Iorque, Reidy afirmou que 2011 foi encerrado em uma “nota muito maior”, após um ano que passou sendo “constantemente ajustando à realidade em mudança”, incluindo a falência da Borders.

Editora Big Six Simon & Schuster

Reidy está “particularmente animada com o potencial da publicação digital como forma de reformular nosso negócio internacional”. Ela disse: “A transição para a leitura digital está acontecendo rapidamente dada a venda explosiva de tablets e eReaders, e dos consumidores aumentando seu conforto com a compra e leitura de eBooks. Em 2012 as vendas de conteúdo digital, sem dúvida, terão uma experiência de crescimento similar.”

O mercado internacional também passa a ser um foco para a editora, já que o meio digital permite que seu produto vá muito mais longe. Permitirá “aumentar a audiência para nossos autores nos cantos mais longínquos do globo em mercados que estão carentes de distribuição de livros físicos”. Ela citou os mercados em crescimento do Canadá, Austrália e Reino Unido e territórios de mercado aberto, como Alemanha, França e Brasil. “A resposta inicial dos consumidores nesses mercados tem sido entusiasmada”.

Mercados fora dos Estados Unidos como os do Reino Unido e Austrália surpreenderam a editora, pois suas filiais tiveram ótimos resultados. A filial na Índia, inaugurada em Julho, também já superou expectativas. Ela disse que a editora está “posicionada para oferecer excelentes resultados financeiros, incluindo um crescimento significativo nos lucros sobre os níveis de 2010”, devido à empresa ter como foco alcançar “a distribuição máxima possível para cada um dos títulos de seus autores” e capitalizar as novas “oportunidades de publicação digital”.

Reidy acrescentou que editoras como a S&S têm a necessidade de “tornar a experiência de publicação… o melhor que ela pode ser”, entregando serviços como opções para autores crescerem no mundo de auto-publicação.

SimplíssimoeBooks Serão 17% Das Vendas da Simon & Schuster em 2011

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *