eBooks técnicos e científicos faturaram R$ 319,5 mil em 2011, diz CBL

Eber Freitas Ebooks, Notícias Deixe um comentário

No ano passado, as vendas de livros digitais na categoria CTP (Científicos, Técnicos e Profissionais) totalizaram 856 títulos, resultando em um faturamento de R$ 319,5 mil. A categoria ficou atrás apenas de Obras Gerais, que teve 4,1 mil títulos e R$ 399,5 mil unidades vendidas. Os números são referentes à pesquisa “Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro”, encomendada pela Câmara Brasileira do Livro (CBL) e conduzida pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da Universidade de São Paulo (Fipe/USP).

Ainda assim, o volume apresentado é pífio em relação às vendas dos livros físicos. Em 2011 foram vendidos nada menos que 35,8 milhões de exemplares na categoria CTP, que gerou uma receita de R$ 910 milhões distribuída ao longo da cadeia produtiva. Esses dados, na comparação com 2010, representam um crescimento representativo, de 38% e 23% respectivamente.

Sozinho, o governo adquiriu 1,5 milhão de exemplares, 385,5% a mais do que os 304 mil comprados no ano anterior. Isso significa que o mercado – setor que abrange entidades privadas e público em geral – foi responsável pela compra de 36,6 milhões de unidades, 34% a mais do que em 2010, com faturamento de R$ 34,4 milhões.

Um dos fatores que beneficiam a categoria é o aumento da população universitária no Brasil. De acordo com o último Censo da Educação Superior, divulgado pelo MEC, em dez anos, houve um aumento de 110% no número de estudantes em cursos de graduação. No período, o salto foi de 3 milhões para 6,5 milhões de brasileiros que ingressaram nessa faixa de ensino.

SimplíssimoeBooks técnicos e científicos faturaram R$ 319,5 mil em 2011, diz CBL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *