Mike Shatzkin

Editoras Serão Também as Líderes em Publicação Digital?

da Redação Ebooks, editora, ereader, ereaders, Notícias, Tecnologia 2 Comments

Mike Shatzkin colocou esses dias em seu blog o artigo Will book publishers be able to maintain primacy as ebook publishers?. O artigo é interessante e vou comentar algumas passagens por aqui.

Resumidamente, Shatzkin afirma que hoje em dia, é possível que outras empresas de mídia passem a publicar seu conteúdo de forma vertical, sem precisar das editoras para isso. Se antes a publicação impressa era uma exclusividade das editoras e as empresas precisavam negociar com isso, hoje não é tão difícil assim um canal de TV, um jornal ou site de notícias ter seu próprio acervo e até passar a publicar obras de outras pessoas também.

Now here’s a fact which is documentable, and would be documented right here on a day when time wasn’t in such short supply: brands that are not publishing houses are directly publishing their own ebooks with increasing frequency. Magazines and television networks and web sites are recognizing the reality that self-publishing ebooks is something they can do themselves without the complications (or revenue-sharing) that working with a publisher would require.

A dica do especialista em publicação digital é que as editoras se apressem em considerar que o mercado digital logo irá ser a maioria das vendas, e que passem a se especializar logo no que fazem, garantindo produtos de ótima qualidade, para que outras empresas e outros meios de publicação passem a procurá-los pela sua qualidade, pois as editoras já não possuem mais o monopólio de seus produtos.

This is not a surprise to me, but it does really raise a point that major publishers have to consider: can book publishers add enough value to the ebook publishing process to persuade another brand with content credibility, one that has direct contact with the vertical community that is the audience for their books, to do their ebooks through the publisher rather than directly?

This is an existential question for big trade publishers. They have forged partnerships with other brands, even media brands, for many years based on their unique ability to deliver printed books competently and to put them on bookstore shelves. Those are things that a magazine, a broadcast network, a movie studio, or a packaged goods company couldn’t do for themselves.

Para finalizar, ele dá como exemplo o recente acordo feito entre a Random House e os sites Politico and Real Clear Politics, para publicar conteúdo destes. Uma jogada rápida e esperta dessa editora. Fico por aqui com um último trecho do artigo:

Developing skills and capabilities that make their ebook-publishing ability superior to vertical brands is going to be essential for publishers’ survival as the skills and capabilities to do print publishing become less important commercially over time, as they will. Even if you disagree with my aggessive expectations for ebook market penetration, I think you’ll be able to substitute your own and come up with pretty much the same conclusion.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

da Redação

Para entrar em contato com a redação do Revolução eBook, escreva para sac@simplissimo.com.br

SimplíssimoEditoras Serão Também as Líderes em Publicação Digital?

Comments 2

  1. Pingback: Será que os e-livros serão editados… pelas editora? | Autor 2.0

  2. Pingback: Editoras, cuidado: o eBook is not on the eTable. | Autor 2.0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.