Conhecendo melhor a Gato Escritor

Eduardo Melo (Simplíssimo) Ebooks, Mercado, Notícias 2 Comments

A Gato Escritor estreou no mês passado, oferecendo um serviço que atende um nicho do incipiente mercado dos autores auto-publicados em formato digital – capas para ebooks. A empresa comercializa modelos de capas em duas modalidades: a econômica, R$ 89, permite que várias pessoas comprem a imagem da capa; a premium, R$ 499, retira a capa da loja e apenas quem adquiriu a licença definitiva (ou comprou a versão econômica antes) pode seguir usando a capa. O autor fica responsável por preencher seus dados na capa, ou também pode contratar este serviço.

Para conhecer melhor o serviço e a empresa, entrevistamos Thiago Schoba, responsável pelo departamento criativo da Gato Escritor e também sócio da Editora Schoba.

Revolução eBook – Vocês cansaram de tomar susto com a “qualidade” das capas dos ebooks brasileiros, por isso a ideia de lançar o serviço?
Thiago Schoba

Thiago Schoba, responsável pelo departamento criativo da Gato Escritor

Exatamente. Temos notado uma grande quantidade de autores que querem se aventurar sozinhos no mercado e compartilhamos e apoiamos totalmente esta ação. Ao mesmo tempo, não deixamos de notar que quanto mais você se aventura pelo mercado editorial por conta própria, fazer bonito se torna cada vez mais difícil, necessário e caro. Percebemos que muitos autores tinham ótimos conteúdos para serem publicados, mas que o pouco cuidado com a estética do livro colocava um fim na carreira e motivação destes autores. Ouvíamos autores constantemente dizendo que “vender livro no Brasil é uma tarefa impossível” e quando parávamos para prestar atenção no cuidado estético destas obras, claramente percebíamos que mesmo com um bom conteúdo, a capa e diagramação dos livros “assustava” os leitores, que tinham medo de comprar um livro que poderia não ser bom, pelo fato de parecer “amador”. Se o mercado se mostra truncado mesmo com ótimos projetos gráficos e conteúdo de primeira, imagine quão difícil vai ser se os trabalhos parecerem amadores?

Rev – Que dicas você daria para um autor, na hora de pensar e escolher uma capa?

Acho legal apontar 2 dicas que são bastante elementares e que muitos, mais muitos autores falham na hora de escolher uma capa.

Conheça o seu público-alvo. Se você escreveu um romance, por exemplo, vai notar que uma grande parcela destes livros no mercado podem conter casais nas capas, nos mais diversos tipos de situação: andando abraçados, correndo na chuva e se beijando, por exemplo. Estas imagens não foram escolhidas ao acaso: passam a sensação de algo apaixonante e os leitores gostam. Assim, mesmo que você inove na escolha da capa mas mantenha uma ou outra característica que já são comuns no seu gênero de livro, como as cores e a tipografia utilizada, a chance de você “falar” diretamente com seu público leitor é muito maior.

Descubra o sentimento que a capa passa. Quando escrevemos um livro, temos que ter em mente de que ele precisa despertar algum tipo de sentimento no público leitor, seja ele diversão, tristeza, arrependimento, felicidade, medo e até mesmo indiferença. Descubra primeiro que tipo de sentimento o seu livro quer passar, e procure por capas que possam passar este mesmo sentimento. Embora não seja regra, capas em tons mais quentes, como vermelho, laranja e amarelo, tendem a passar sentimentos mais alegres, ao passo que tons mais escuros, como preto e alguns tons de verde a azul, podem passar o sentimento de tristeza, solidão e medo.

Rev – Desde o lançamento do Gato Escritor, como está a demanda pelo serviço?

O serviço tem sido aceito de forma bastante positiva, e os autores têm interagido bastante com a equipe de atendimento pedindo dicas e sugestões de quais capas se encaixam melhor em seus livros, e temos nos saído bem também nesta função de “aconselhamento”. Outro ponto que é legal destacar é que temos uma capa gratuita, que pode ser baixada e testada pelos autores, para que eles entendam a facilidade de personalizar por conta própria (desde que possuam os softwares instalados no computador) a própria capa. Esta capa já teve mais de 100 downloads e serve como uma degustação, minimizando os riscos de alguém comprar uma capa achando que é uma coisa e percebe que é outra.

Rev – Vocês planejam lançar outros serviços ao longo de 2013?

Sim! Estão previstos para 2013 o lançamento de layouts de diagramação, contendo estilos já prontos de capítulos, títulos, subtítulos, tabelas, notas de rodapé e legendas. Os layouts de capa e diagramação trarão mais independência para os autores que querem se autopublicar e não querem fazer feio no mercado.

Rev – A escolha do nome Gato Escritor foi por alguma relação com a livraria de ebooks Gato Sabido, ou foi uma predileção por gatos que adoram teclados e computadores?

Na verdade, acredito que tanto a Gato Sabido como a Gato Escritor surgiram por conta da figura dos felinos, inteligentes e misteriosos. Um grande número de escritores, entre eles Truman Capote e Stephen King, por exemplo, adotaram estes bichos como seus parceiros fiéis e inseparáveis no ofício literário. A frase que realmente inspirou a criação do nome é uma de Robertson Davies: “Os autores gostam de gatos porque eles são calmos, amáveis, seres sábios. E gatos gostam de autores pelas mesmas razões”.

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoConhecendo melhor a Gato Escritor

Comments 2

  1. Ótima dica eduardo! Com certeza vai ajudar muitos escritores que nao tem muito dinheiro para lançar seus livros!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *