Estamos de olho no preço dos eBooks

Estamos de Olho: Aleph

da Redação Ebooks, Notícias 3 Comments

Uma vez que o autor best-seller Paulo Coelho está na mídia ultimamente (ele convenceu sua editora norte-americana a vender seus eBooks a US$0,99, leia aqui), resolvemos escolher um título dO Mago para a coluna dessa semana.

Não encontramos sua obra mais conhecida, e por isso o título escolhido foi Aleph, publicado pela Sextante. Paulo Coelho é mundialmente conhecido não apenas pelo seu sucesso de vendas (O Alquimista é o quinto livro mais lido no mundo, acima de grandes sucessos como a Saga Crepúsculo e O Diário de Anne Frank), mas também por ter uma posição diferente sobre seus eBooks. Recentemente, Paulo Coelho fez um acordo com o site de torrents Pirate Bay para pedir que as pessoas pirateassem seus livros. E ainda assim, ele vende horrores em impressos e digitais.

 

Aleph – Paulo Coelho – Sextante

SiteVersãoValor
FnacimpressaR$15,90
SaraivaimpressaR$14,80
SaraivadigitalR$16,99
CulturaimpressaR$19,90
CulturadigitalR$16,99
Gato SabidodigitalR$16,99
Travessadigital
TravessaimpressoR$19,90
AmazondigitalUS$9,99 (~R$19,52)
B&NdigitalUS$9,99 (~R$19,52)
KobodigitalUS$8,39 (~R$16,40)

 

Embora seja um best-seller, O Aleph não é um lançamento há um bom tempo, e por isso já não tem mais os preços de lançamento. Dessa forma, pudemos ver preços equilibrados entre eBooks e impressos, nenhum deles caro demais.

Vamos às médias: as três livrarias que oferecem a versão digital a fazem pelo menos preço. Não há descontos ou promoções, e por isso a própria média fica em R$16,99. O preço mais alto do impresso para o eBook traz uma diferença de apenas 14%, bem pouco.

Na média entre todos os valores dos impressos, temos R$17,62, trazendo uma diferença menor ainda de 3,5%. Não está nada equilibrado, não acham?

Porém, os preços de impressos e eBooks não estão elevados se comparados aos preços lá fora. Amazon e B&N estão pelo mesmo preço, R$19,52, parecido com o ofereceido por aqui. Apenas a Kobo está em promoção e oferece o título por R$16,40, o menor valor de nosso teste.

Preço do livro Apleph nas Livrarias Nacionais

Preço do livro Apleph nas Livrarias Nacionais

Três observações

1. Mais uma vez, as buscas dos sites me deixaram na mão. Na hora de procurar por Aleph, algumas livrarias virtuais não mostraram nada, mas quando digitei Paulo Coelho, o eBook estava lá. eBooks não possuem espaço em prateleiras físicas para serem descobertos, contam com a busca para esse fim. Se as buscas não funcionam direito, é como se o livro não existisse, e assim não será visto e nem comprado.

2. O primeiro livro escolhido por mim foi O Alquimista, livro de maior sucesso de Paulo Coelho – o quinto mais lido no mundo! –, mas simplesmente não o encontrei nas livrarias no formato eBook. Como assim? Paulo Coelho pedem que pirateiem seus livros, e seu título mais famoso não está disponível no formato eBook em seu próprio país?

3. Livros que não são mais lançamentos poderiam ser oferecidos como promoção, para incentivar a leitura de livros digitais. Aleph seria um bom título, uma vez que é de um autor conhecido, bem lido, e pode ser usado como estímulo de vendas.

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoEstamos de Olho: Aleph

Comments 3

  1. Por uma questão de território (muito complicada de explicar, por causa dos contratos que diferem de um pais para o outro), voce pode encontrar O Alquimista em portugues no Kindle, Nook, iBookstore, mas para compra-lo no Brasil terá que possuir uma conta no estrangeiro.
    Tambem estou aguardando, com a mesma ansiedade, o dia em que os eBooks do meu catálogo possam ser baixados no Brasil sem esse tipo de complicaçao.

    1. Para mim, aparece o Alquimista em pt-br na Amazon Store e dá para comprar. Minha conta é no Brasil. Está por 6,40. Para mim, é um preço justo. Claro que poderia ser mais baixo, mas está dentro da realidade.

  2. Pelo que conheço do Paulo, trabalhador incansável, não demorará muito e ele aparecerá por aí com um "Pottermore" dele, um "Coelhomore", quem sabe. O que será ótimo. Paulo é uma grife. Independe das editoras. Pode, como Rowling, falar diretamente aos seus leitores (aliás, já o faz nas mídias sociais).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *