Ferramentas de conversão automática PDF para EPUB reprovam em teste

13/06/2012
 / 
por Eduardo Melo
 / 

A conversão automática de arquivos PDF para ePub apresentou resultados muito ruins, em recente estudo da Flemish Innovation Center for Graphic Communication.

Foram testados 13 softwares para a conversão de um PDF. O teste consistiu na conversão de um PDF nestas ferramentas, seguido da avaliação em 4 validadores diferentes (ePubcheck). Por fim, os ePubs foram visualizados em 5 programas diferentes. O resultado foi bastante desanimador: em uma escala de 100%, as ferramentas atingiram em média 30% da pontuação total. A pior ferramenta conseguiu apenas 10%.

O teste também acabou avaliando, indiretamente, os validadores do formato ePub. Os 4 validadores apresentaram resultados discrepantes nas análises, o que indica que os próprios validadores do formato ePub têm problemas.

A conversão automática é a forma mais barata encontrada pelas editoras e fornecedores de serviços, para produzir ebooks. Infelizmente a qualidade deixa bastante a desejar, e os problemas vão além de questões meramente técnicas. Os eBooks ficam feios, com códigos internos defeituosos, textos cortados, caracteres trocados, entre outros problemas. Os resultados dessa pesquisa, portanto, não devem surpreender ninguém.

Para ver as informações completas, veja PDF to EPUB Conversion Tools Score Just 30% Average in VIGC Test – WhatTheyThink.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

13/06/2012
 / 
por Eduardo Melo
 / 

A conversão automática de arquivos PDF para ePub apresentou resultados muito ruins, em recente estudo da Flemish Innovation Center for Graphic Communication.

Foram testados 13 softwares para a conversão de um PDF. O teste consistiu na conversão de um PDF nestas ferramentas, seguido da avaliação em 4 validadores diferentes (ePubcheck). Por fim, os ePubs foram visualizados em 5 programas diferentes. O resultado foi bastante desanimador: em uma escala de 100%, as ferramentas atingiram em média 30% da pontuação total. A pior ferramenta conseguiu apenas 10%.

O teste também acabou avaliando, indiretamente, os validadores do formato ePub. Os 4 validadores apresentaram resultados discrepantes nas análises, o que indica que os próprios validadores do formato ePub têm problemas.

A conversão automática é a forma mais barata encontrada pelas editoras e fornecedores de serviços, para produzir ebooks. Infelizmente a qualidade deixa bastante a desejar, e os problemas vão além de questões meramente técnicas. Os eBooks ficam feios, com códigos internos defeituosos, textos cortados, caracteres trocados, entre outros problemas. Os resultados dessa pesquisa, portanto, não devem surpreender ninguém.

Para ver as informações completas, veja PDF to EPUB Conversion Tools Score Just 30% Average in VIGC Test – WhatTheyThink.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Deixe um comentário para GilmarCancelar comentário