Governo adquiriu R$ 338 milhões em tablets no primeiro semestre

Eber Freitas Notícias 1 Comment

Aos poucos, os tablets estão sendo implementados nas escolas e nas esferas públicas administrativas como uma ferramenta de produtividade e aprendizado. De acordo com dados do Ministério do Planejamento, foram gastos R$ 852,6 milhões com aquisições de bens e serviços em TI durante o primeiro semestre de 2012. Deste valor, R$ 337,9 milhões foram utilizados para comprar tablets.

Uma parte foi destinada à rede pública de ensino, na aquisição de 600 mil tablets para dar suporte aos professores nas aulas – representando um investimento entre R$ 150 e 180 milhões. Outra fatia foi usada para comprar aparelhos para setores administrativos da União.

Junto com os serviços e licenciamentos de software (R$ R$ 54,5 milhões), os tablets estiveram entre os bens e serviços em TI que mais receberam investimentos públicos no primeiro semestre. O Ministério da Educação foi o órgão que mais comprou na área de TI, com um total de 59% das contratações – ou R$ 499,3 milhões.

Via IDGNow!

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoGoverno adquiriu R$ 338 milhões em tablets no primeiro semestre

Comments 1

  1. Como Pedro Sette-Câmara escreveu no Twitter outro dia, “o governo dá escola, livro, merenda, passagem, meia-entrada e ainda vai dar tablet. Falta só dar a vontade de estudar”.

    E nem sabemos se esses tablets chegarão mesmo às mãos dos estudantes…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *