eBooks, a greener choice

Infográfico – eBooks, The Greener Choice

da Redação Amazon, Ebooks, epub, ereader, ereaders, livro eletrônico, Notícias, Tecnologia 5 Comments

Neste infográfico em inglês, podemos observar que mesmo com os produtos de plástico e metal, como eReaders e tablets, ainda assim o livro digital é uma escolha ecológica. eBooks poupam árvores, consomem menos carbono, são mais econômicos, entre outras vantagens.

 

 

 

eBooks, a greener choice

Clique para ampliar

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoInfográfico – eBooks, The Greener Choice

Comments 5

  1. Sou uma entusiasta dos e-books, e-readers e várias outras tecnologias. Mas a avaliação aqui apresentada é parcial. Avalia todos os impactos da produção do livro impresso (ignorando que as árvores “salvas” são na verdade cultivadas especificamente para produção de papel, portanto não estamos falando de salvar ou manter um ecossistema natural); não considera o consumo de energia de toda a cadeia produtiva tanto dos aparelhos de leitura como da produção dos e-books em si e não menciona ciclo de vida de ambos os produtos. Tecnologias são ótimas e ninguém está disposto a abrir mão delas, mas é preciso prudência nessa avaliação dos impactos ambientais. Depois posto por aqui mais material para botar lenha virtual nessa fogueira idem.

    1. Maurem, você é a pessoa mais indicada para esclarecer (até desmistificar) essa questão do impacto ambiental positivo dos ebooks. Isso está superdentro da sua área profissional… 🙂

  2. Sem falar que é necessário levar em conta também o aumento do lixo eletrônico. Todo mundo sempre curte comprar a nova versão de seu gadget querido… porém é necessário pensar no destino do dispositivo antigo. Apesar de, em tese, um gadget durar muitos anos em pleno funcionamento, na prática, um grande número de usuários troca de dispositivo a cada ano. Para piorar o Brasil ainda não possui um bom serviço (se existe não é divulgado) de coleta destes dispositivos que acabam indo parar no lixo…

  3. E só para deixar claro, também sou entusiasta dos ebooks e acredito que este seja sim uma saída contra as barreiras impostas pela distancia entre países (com os ebooks podemos ter um livro lançado em qualquer lugar do mundo no mesmo instante do lançamento e sem pagar absurdos pelo frete) e também a favor da natureza, desde que haja imediatamente um serviço e incentivo por parte das autoridades para coleta seletiva de lixo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *