Justiça dos EUA decide que revenda de música digital é ilegal

Eduardo Melo - Simplíssimo Ebooks, Mercado, Notícias Deixe um comentário

A corte federal americana de Nova York decidiu contra a empresa ReDigi, que vinha tentando comercializar arquivos usados de música digital. O juiz Richard Sullivan considerou que a ReDigi fez cópias ilegais das gravações da Capitol Records.

A decisão não coloca, necessariamente, um freio nas aspirações de Amazon e Apple, que recentemente patentearam sistemas de revenda de arquivos digitais – o que incluiria, também, ebooks. As empresas ainda podem criar seus mercados de conteúdo digital usado, desde que em parceria com quem produz e vende o conteúdo em primeira mão. O freio da justiça valerá para quem tentar revender conteúdo digital, sem acordo prévio com os detentores dos direitos.

Mais informações na Folha de S.Paulo

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.000 autores e editoras. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoJustiça dos EUA decide que revenda de música digital é ilegal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *