Kindle Keyboard

Kindles Gratuitos Poderiam Acabar com os Jornais Impressos?

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Em 2010 foi publicada uma matéria que dizia que mais de 50% do custo de um jornal ia com papeis e distribuição. Sendo assim, caso um jornal como o The New York Times parasse de imprimir seus exemplares, teria uma economia de US$644 milhões por ano.

Sendo assim, Martin Carstens do memeburn sugere: e se o jornal pegasse esse dinheiro e economizado e desse um Kindle para cada um de seus 830 mil assinantes? Com o preço de um Kindle chegando a US$79 no modelo clássico, pode ser possível para as empresas de mídia e comunicação pensarem em um negócio desses.

A ideia é confrontada por Chris Meadows do TeleRead:

A mosca na sopa é a receita de publicidade impressa. Publicidade impressa ainda compõe a maior parte das receitas dos jornais, e se eles eliminarem a impressão, eliminam também que a receita de publicidade. É claro, eles também eliminariam uma série de despesas.

Realmente, esse é um ponto importante. Para os jornais, diferente dos livros, muito se apoia na publicidade. Um Kindle a US$79 só traz ganhos de publicidade para a Amazon.

Mas os ventos estão a favor. Uma nota publicada hoje também pelo TeleRead informou que o jornal Financial Times espera que sua renda vinda do conteúdo online deve ultrapassar os ganhos com anúncios em mídias impressas já em 2012. Esse jornal é conhecido por oferecer apenas 8 artigos gratuitos na internet por mês, com os outros artigos sendo oferecidos através de esquema de assinatura.

O Estado de S. Paulo está fazendo algo parecido, oferecendo junto a 2 anos de assinatura digital um Samsung Galaxy Tab 10.1. Mas o preço é BEM salgado.

Se um jornal desse tamanho afirma isso com tal segurança, creio que as editoras também já possam começar a pensar em algo do tipo. E até livrarias. Por quê não oferecer esquemas de assinaturas – já disse que isso vai virar tendência – junto a um dispositivo de leitura gratuito?

O que vocês acham da ideia?

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

da Redação

Para entrar em contato com a redação do Revolução eBook, escreva para sac@simplissimo.com.br

SimplíssimoKindles Gratuitos Poderiam Acabar com os Jornais Impressos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *