Kobo

Kobo é a Bola da Vez

da Redação Amazon, Artigos, Ebooks, epub, ereader, ereaders, livro eletrônico, Notícias, Tecnologia 7 Comments

Com os lançamentos de eReaders e tablets da Amazon, todos começaram a olhar ao seu redor e observar quem daria o próximo passo.

Kobo

A Apple está mais preocupada com seus 500 mil aplicativos e vendas de gadgets do que com livros, e provavelmente não irá lançar um eReader em sua história, ou se preocupar muito com eBooks.

A Barnes & Noble está quieta e encurralada. Com 25% do maior mercado de livros digitais do mundo – os Estados Unidos – ela se via em uma confortável posição desafiando a Amazon com seu maravilhoso eReader nook touch (teremos um review dele em breve, aguardem) e seguia firme e forte vendendo livros eletrônicos localmente.

Agora, com os lançamentos da Amazon, ela está seriamente  ameaçada, e parece que não tinha uma solução na manga. Sua principal deficiência é não vender livros e aparelhos internacionalmente. É um trabalho difícil, e a tradicional livraria não parecia estar com vontade de jogar nesse mercado ainda. Mas é provável que agora tenha que fazer isso.

Portanto, não sobra ninguém além do quarto lugar em atenção: a intrépida Kobo. Correndo atrás de oportunidades, ela se mostrou muito disposta a atacar o mercado mundial de eBooks. Após a Feira do Livro de Frankfurt, ficou mais do que claro que existem mercados pouquíssimos explorados pelo mundo – Brasil incluso – e aqueles que correrem ainda poderão pegar nacos do que a Amazon já está tentando pegar. Junto aqui considerações minhas e de mais de 15 artigos lidos, o assunto está fervendo.

Kobo Vox

Sem deixar o timing passar, a Kobo lançou tem poucos dias a Kobo Vox, tablet para competir diretamente com a Fire da Amazon. E eu, pessoalmente, considerei ela bem superior à Fire, em matéria de leitura e experiência de leitura. O preço é o mesmo.

Possui a mesma tela de 7 polegadas da Fire e também roda em sistema Android, só que muito mais livre. É o sistema original, como o encontrado em tablets como a Motorola Xoom, nada de um sistema capado e restrito da Amazon. Isso significa acesso a todos os aplicativos da Android Market Store e mais liberdade para utilizar seu aparelho.

A tablet também traz uma nova experiência interativa de leitura. O próprio aplicativo de leitura permite compartilhar trechos de livros e comentários nas principais redes sociais. Também é possível “rastrear” seus hábitos de leitura: uma parte especial mostra quanto tempo você levou para ler um livro, páginas viradas, tempo total de leitura… O sistema Pulse mostra um aviso quando uma página foi mais comentada nas redes sociais e mostra as estatísticas diretamente em uma área do livro, permitindo conversas em tempo real.

Tem 8GB de memória interna, permite expansão para mais 32GB, possui falantes externos e tecnologia especial para que a tela fique mais confortável para a leitura.

Ah, e vai começar a vender duas semanas antes da Fire.

Confiram um vídeo:

httpv://www.youtube.com/watch?v=IiRxIXytLYQ

Tudo o que as outras têm

A Kobo tem seu próprio eReader, sua própria tablet, loja online, parceria com grande livraria, aplicativos para todas as plataformas e livros infantis especiais na Kobo Store. Ela pesquisou e sentiu as estratégias dos concorrentes e sem demora aplicou em sua própria estrutura, com competência.

Anuncia ter um acervo de 2 milhões de livros, 1 milhão deles gratuitos – provavelmente da Google Books. Também permite a leitura e assinatura de revistas pelo aplicativo Zinio e oferece jornais também.

Kobo internacional

A empresa afirma que possui 5 milhões de leitores em mais de 100 países pelo mundo, isso com sua loja online e seus aplicativos para diversas plataformas. E é essa disponibilidade internacional que é apontada pelo Teleread como a maior vantagem da Kobo sobre a Apple e Amazon. O contrato com a Smashwords também é válido, pois ainda não funciona com a Amazon e na Apple não é encontrado em todas as lojas.

Ao invés de atacar apenas um país por vez, com conteúdo para o idioma pátrio, a Kobo vende todos os livros em todos os idiomas de uma só vez. Ela também trabalha com o DRM da Adobe, muito mais acessível a diversas plataformas e ao mundo do que as proteções da iBookstore e da Amazon, podendo ter seus eBooks lidos em vários eReaders e gadgets que aceitem essa proteção.

Não há barreiras para estrangeiros. Não há taxas adicionais para compras internacionais como na Amazon, e não há restrição de publicação de conteúdo de outros países como na iBookstore.

Parceria com a Fnac e outras

Oficialmente seus gadgets já são vendidos nos Estados Unidos e Canadá. Uma recente parceria com a francesa Fnac – lídeer em vendas de livros no país – vai garantir que a Kobo venda em mais 81 lojas na França. E há a promessa de atacar a Europa com tudo. “Acreditamos que nossa entrada na França, bem como nossas futuras entradas na Espanha, Itália e Países Baixos serão adotadas pela comunidade de eReader europeia”, afirmou Michael Serbinis, CEO da empresa.

Daí é um pequeno passo para chegar ao Reino Unido, uma parceria com a W H Smith. E daí, mais um pequeno passo para outros países, quem sabe o Brasil?

Mike Shatzkin prevê que a Kobo, junto a Amazon e Apple, será líder mundial dos eBooks. Deverá chegar a todo o mundo, competindo com mais um líder de mercado particular em cada país. Nem a W H Smith e nem a Fnac vendem exclusivamente livros, mas estão fazendo bem feito entrando no mercado de eBooks para aumentar sua vida útil como livrarias.

SimplíssimoKobo é a Bola da Vez

Comments 7

  1. Stella, eu estou pesquisando o assunto e ainda um pouco confuso. Se eu comprar um kobo vox eu consigo baixar uma versão kindle de livro na amazon, transferir via usb para o kobo vox e ele vai ler o arquivo?
    Como está a situação da Kobo para o Brasil? Ou seja, o que exatamente eu poderia comprar e ler daqui do Brasil no Kobo Vox?

    Obrigado e parabéns pelo site.

  2. Ah, só mais uma coisa. Como fica o meu armazenamento? O Kindle Fire permite armazenamento no amazon cloud, não é? Há opção parecida para o kobo?

    1. Adalberto, a resposta veio direto do nosso colaborador Antonio Hermida, que possui um Kobo: Tendo o cartão de crédito cadastrado, dá pra comprar pelo próprio aparelho e roda qualquer ePub com DRM.

      1. Obrigado pela resposta.
        Isso quer dizer que eu posso comprar e-book na Amazon e ler no Kobo? Na Livraria Cultura, por exemplo, também?

        Pelo que eu andei pesquisando, o Nook e o Kindle aparentemente são mais rápidos, pq. têm processador dual core, enquanto o do Kobo é simples, então teoricamente ele perderia na comparação de desempenho.
        Por outro lado, em relação ao Kindle, ele tem a vantagem grande de permitir aumento da capacidade via cartão de memória, o que não é possível no Kindle, que tem 8gb de memória, sendo 6GB livres pra armazenamento.
        O Kindle também parece ter a desvantagem de amarrar demais (e a minha dúvida é exatamente a que ponto) à Amazon. Mas se der pra comprar na Cultura, por exemplo, e ler no kindle, daí pra mim estaria tudo bem.
        Fiquei em dúvida também sobre se esses readers/tablets com tela colorida não pioram demais a experiência de leitura que havia com o E-ink.
        Bom, é isso. Em resumo, não sei o que comprar.
        Parabéns pelo site!

  3. Só um detalhe a empresa Japonesa Rakuten comprou ou se não me engano estão juntas no mercado.

    Tanto que a Rakuten irá disponibilizar a Kobo no brasil.

    Só um detalhe importante eu tenho um Kindle e estou odiando pois a Amazon e o Sonolento CEO BezZzZzZos, não criaram uma boa leitura com o Kindle 3, não tendo a visualização por capas de livros, e o pior não existe a possibilidade de ler livros como armazenados em pastas, o Kindle não faz isso e nunca irá fazer, a leitura de PDF é horrivel com margens que consomem a tela, e a defasada opção de aumento de tela usando Zoom em proporção de 100 pulando para 150%, e detalhe não h´[a a possibilidade de justificação de texto.

    Já no Kobo existe a possibilidade de usar um Programa Nativo para sincronia de livros e organizar a sua coleção, ante ao tenebroso Amazon que é utopia e dizendo que voê apenas organiza sua coleção via Wi-fi, pergunto alguém tentou organização a coleção no Kindle, fazendo um por um os livros, é um pesadelo.

    No quesito Plataforma móveis falta a Kobo disponibilizar um App para Symbian/Nokia Belle e Meego, pois atingiria um mercado ainda mais global, e arrumar a leitura para uma justificação de texto completa, e o bom uso das margens de textos.

    Acredito que a Kobo poderia ser a saudosa Mobipocket, que era realmente universal e tinha apps que organizavam e sincronizavam com quaisquer dispositivos.

    Lembrando que o Site da Kobo é superior ao da Amazon, e por quê?
    Simples é um site com design chamativo e clean de fácil navegação,tanto para adultos como para crianças, enquanto a Amazon é uma loja prolixa “Fala Muito e não tem informação alguma”, e o pior tem 02 layout de Web uma ora é branco e outrora é azul, enfim é um mercadão de peixe, deveriam aprender com a submarino e lojas brasileiras.

    Todos falam do Android e sua Fragmentação, mas deixamos a Amazon com sua Fragmentação nos Ereaders 1 Geração até o Kindle Keyboard 3° Geração, requisitos que no Kindle 4 não tem na versão 3.
    Fragmentação de Firmware na Amazon é real.

    Os chineses já fizeram uma alternativa com o DUOKAN que melhora muito o Kindle, mas o complicado é jailbreak.

    Acredito que a Kobo vai ganhar espaço onde a Amazon ignora com seu monopólio Americanizado.

    Se a Kobo fizer como a Mobipocket vender livros para todas as plataformas e facilita a leitura e organização das coleções será muito bem vindo.

    Pena que a Amazon exterminou a Mobipocket pois os programadores Franceses eram superiores aos atuais programadores Americanos do Sonolento CEO BezZzZos.

  4. Caros, será que podem me ajudar? Sei que são experts em ebooks e afins. Eu tenho o Positivo Alfa. Adquiri um ebook pela Livraria Cultura. Não encontrava um link para baixar o ebook. Vi que estava conectado numa conta do Gato Sabido, mas tenho uma ID do ADE. Tentei ver como me logar com essa ID, mas não encontrei um caminho. Decidi desinstalá-lo do meu note e instalá-lo novamente, mas o download não conclui. Aparece uma mensagem de erro. “Installer integrity check has failed. Common causes include incomplete download and damaged media. Contact the installers author to obtain a new copy. More informations at http://nsis.sourceforge.net/NSIS_Error Como faço para reinstalar o programa?

  5. Boa noite…sou leiga no assunto, mas adorooo ler, então vou me presentear com um ereiaders…gostaria de saber se o KOBO VOX seria uma boa opção? Ja li q tenho como opção o Touch e o Glo … qual seria o mais interessante? Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *