Kobo Writing Life, serviço para auto-publicação, é lançado oficialmente

19/07/2012
 / 
por Daniel Pavani
 / 

A Kobo já vinha testando sua nova plataforma de auto-publicação de eBooks há algumas semanas. Agora, porém, o Writing Life foi lançado para todos, que já podem usar a ferramenta para produzir livros digitais no formato EPUB a partir de documentos de texto.

Um dos pontos chave, como já falamos por aqui, é que a plataforma da Kobo não prende o autor a ela, ou seja, é possível produzir os eBooks no Writing Life, mas não é necessário vendê-los ou distribuí-los pela loja da empresa. Aliás, os autores podem baixar os ePubs depois de prontos e distribuí-los como bem entenderem.

A plataforma possui até mesmo um Centro de Aprendizagem (Learning Center), para ajudar os novatos a entenderem como ela funciona e o que é necessário para criar os eBooks. Além dos formatos DOC (do Microsoft Word), o Writing Life também tem suporte a arquivos em PDF, TXT e EPUB, convertendo-os após o upload no site e inclusive mostrando uma pré-visualização de como ele ficará.

Ah, e uma boa notícia é que há a opção de usar o DRM nos livros, ou torná-los DRM-free. Depois de prontos, além de baixados, os livros podem ser também vendidos na Kobo.

Fonte: GoodEReader.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

19/07/2012
 / 
por Daniel Pavani
 / 

A Kobo já vinha testando sua nova plataforma de auto-publicação de eBooks há algumas semanas. Agora, porém, o Writing Life foi lançado para todos, que já podem usar a ferramenta para produzir livros digitais no formato EPUB a partir de documentos de texto.

Um dos pontos chave, como já falamos por aqui, é que a plataforma da Kobo não prende o autor a ela, ou seja, é possível produzir os eBooks no Writing Life, mas não é necessário vendê-los ou distribuí-los pela loja da empresa. Aliás, os autores podem baixar os ePubs depois de prontos e distribuí-los como bem entenderem.

A plataforma possui até mesmo um Centro de Aprendizagem (Learning Center), para ajudar os novatos a entenderem como ela funciona e o que é necessário para criar os eBooks. Além dos formatos DOC (do Microsoft Word), o Writing Life também tem suporte a arquivos em PDF, TXT e EPUB, convertendo-os após o upload no site e inclusive mostrando uma pré-visualização de como ele ficará.

Ah, e uma boa notícia é que há a opção de usar o DRM nos livros, ou torná-los DRM-free. Depois de prontos, além de baixados, os livros podem ser também vendidos na Kobo.

Fonte: GoodEReader.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

  1. Por ser a versão traduzida do LibreOffice, o BrOffice possui uma série de extensões presentes por padrão desde a sua instalação e outras extensões podem ser instaladas posteriormente pelo usuário.

  2. Pingback: Kobo Writing Life, serviço para auto-publicação, é lançado oficialmente | Letra e Palavra

Deixe um comentário