Livrarias Espanholas Querem Processar Amazon, Mas Não Têm Provas

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Enquanto os holofotes judiciários se voltam para a Apple e as big five, tem gente pensando em processar a Amazon. De acordo com o The Digital Reader, está acontecendo na Espanha a 71ª Feira do Livro em Madri, e os livreiros estão falando bastante a respeito da Amazon. Uma das conversas, vinda do presidenta da CEGAL (a associação de livreiros do país), é a de que poderia acontecer um processo contra a Amazon.

O motivo seria o desrespeito a leis de preço espanholas. Há uma queda de até 30% no mercado de livros do país, tudo nos últimos três meses. E, ao invés de culparem a crise mundial, os livreiros apontam seus canhões para a Amazon, acusada de ser a grande responsável pelo problema. “A Amazon é o carrasco dos livreiros, e de todo o setor editorial espanhol”, disse Fernando Valverde, presidente da CEGAL.”Eles não respeitam o preço fixo dos livros e, portanto, entramos com uma ação contra eles”, acrescentou.

Porém, há um obstáculo na história. Não há provas sólidas o suficiente que comprovem má fé da Amazon no processo todo. Na verdade, a Amazon já é esperta e experienciada o suficiente para dar seus jeitos de burlar leis de preço fixo, e não quebrá-las.

Será que mais alguém vai tentar fazer isso?

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

da Redação

Para entrar em contato com a redação do Revolução eBook, escreva para sac@simplissimo.com.br

SimplíssimoLivrarias Espanholas Querem Processar Amazon, Mas Não Têm Provas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.