Pequenas editoras estão se beneficiando das mudanças na indústria

Ebooks eróticos banidos ganham um novo lar

da Redação Ebooks, Mercado, Notícias

Os livros de conteúdo erótico sempre foram alvo de polêmicas. Em outubro de 2013, uma série de livros foram encontrados nas seções infantis das livrarias digitais devido às palavras-chaves ligadas aos dois tipos de literatura, o que resultou na suspensão da conta de algumas editoras e na retirada de cerca de 1.000 títulos dos veículos de venda.

Como uma espécie de novo lar para esses livros, surgiu a EXCITICA, uma livraria digital fundada pela autora Selena Kitt. O foco principal é o conteúdo tido como “pervertido” que é prontamente proibido nas demais livrarias da web. Ele basicamente quer competir e atrair as mulheres que querem algo a mais do que 50 Tons de Cinza.

Para não infringir nenhuma lei, EXCITICA tem implementado uma série de regras para os autores independentes, de maneira com que o conteúdo, mesmo que erótico, possa continuar a ser veiculado de maneira legal.

Fonte: GoodEreader

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoEbooks eróticos banidos ganham um novo lar