Livros Produzidos Pela Amazon Serão Vendidos Fora de Seu Ecosistema

05/03/2012
 / 
por da Redação
 / 

A Amazon confirmou que irá editar uma nova coleção de livros, a Amazon Lives. Serão 12 biografias – que podem aumentar dependendo da demanda – com conteúdo que vai de 25 mil a 40 mil palavras, pouco mais do que as 30 mil palavras máximas de sua coleção Amazon Singles.

O que importa nessa história toda vem agora. Para cuidar da coleção, a Amazon contratou mais um peso pesado do mercado editorial americano. James Atlas é fundador da editora Atlas & Company e colunista do New York Times.

“Eu não me sinto muito ruim – me me sinto muito leve e aliviado,” disse Atlas em uma entrevista para o New York Times. “Eles vão fazer o que está ficando mais difícil e mais difícil de realizar, que é a eficácia do marketing e distribuição. Eu acho que eles vão ser muito agressivos na promoção. Neste clima com livrarias de varejo ameaçadas, obter seus livros lá fora tem sido frustrante. Eu sei que a Amazon tem intenções muito benignas.”

Mas não para por aí: Atlas terá muito trabalho, pois a coleção Amazon Lives não será vendida apenas no site da Amazon.

É isso mesmo. A Amazon começa a expandir seus tentáculos para fora de seus domínios, e venderá seus livros em outras lojas virtuais, e talvez até físicas. Isso nos leva a pensar que, além de impressos, serão comercializados também arquivos em ePub, que é o padrão das outras lojas. Será que a Amazon começará a produzir ePubs?

Mas não há motivo para correria. A empresa informou que o primeiro livro da coleção só deve sair em Junho de 2013, uma eternidade para o mercado atual.

Com informações do Good E-Reader e PaidContent.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

05/03/2012
 / 
por da Redação
 / 

A Amazon confirmou que irá editar uma nova coleção de livros, a Amazon Lives. Serão 12 biografias – que podem aumentar dependendo da demanda – com conteúdo que vai de 25 mil a 40 mil palavras, pouco mais do que as 30 mil palavras máximas de sua coleção Amazon Singles.

O que importa nessa história toda vem agora. Para cuidar da coleção, a Amazon contratou mais um peso pesado do mercado editorial americano. James Atlas é fundador da editora Atlas & Company e colunista do New York Times.

“Eu não me sinto muito ruim – me me sinto muito leve e aliviado,” disse Atlas em uma entrevista para o New York Times. “Eles vão fazer o que está ficando mais difícil e mais difícil de realizar, que é a eficácia do marketing e distribuição. Eu acho que eles vão ser muito agressivos na promoção. Neste clima com livrarias de varejo ameaçadas, obter seus livros lá fora tem sido frustrante. Eu sei que a Amazon tem intenções muito benignas.”

Mas não para por aí: Atlas terá muito trabalho, pois a coleção Amazon Lives não será vendida apenas no site da Amazon.

É isso mesmo. A Amazon começa a expandir seus tentáculos para fora de seus domínios, e venderá seus livros em outras lojas virtuais, e talvez até físicas. Isso nos leva a pensar que, além de impressos, serão comercializados também arquivos em ePub, que é o padrão das outras lojas. Será que a Amazon começará a produzir ePubs?

Mas não há motivo para correria. A empresa informou que o primeiro livro da coleção só deve sair em Junho de 2013, uma eternidade para o mercado atual.

Com informações do Good E-Reader e PaidContent.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Esta página ainda não tem comentários. Quer comentar primeiro?

Deixe um comentário