Metadados e o Brasil

da RedaçãoAtualizado em: Notícias Deixe um comentário

É inegável que os metadados são itens essenciais não apenas para os livros digitais, mas também os impressos. Em um tempo em que as compras pela internet só aumentam, assim como o número de títulos disponibilizados, é importante que o livro possa ser visto, encontrado pelo leitor e também por ferramentas de sugestão, etc.

O Brasil está investindo bastante em metadados. O site da CBL publicou uma ótima matéria (republicada pelo Ednei) a respeito disso, falando também em como o país está lidando com isso. O nome do projeto é CANAL (Cadastro Nacional do Livro) e deverá abrigar os dados de todos os livros em língua portuguesa.

O Cadastro Nacional do Livro, CANAL-CBL, é uma plataforma baseada na internet que vai reunir todos os livros publicados no Brasil.
Com um novo padrão de cadastramento, o CANAL-CBL vai permitir a criação e manutenção de um catálogo online dinâmico e atualizado, um verdadeiro ecossistema de informações sobre as obras em língua portuguesa. A centralização segura e precisa dos dados, com normas e padrões reconhecidos internacionalmente, permitirá consultas imediatas por todos aqueles que comercializam, consultam ou adquirem livros para consumo, negócios e educação.

Veja esse trecho da matéria:

E tudo isto, graças à Onix for Books.

Onix for Books é um padrão de intercâmbio de dados. Não se trata apenas de uma tecnologia, mas, acima de tudo, é uma iniciativa que pretende padronizar os dados sobre os livros no mundo. Isto implica em dizer que os livros em língua portuguesa podem circular em bancos de dados em todo o planeta, utilizando uma interface comum: o CANAL. Amazon e Apple já utilizam este padrão.

A CBL é membro ativa do Grupo de Trabalho de Metadados do Centro Regional para o Fomento do Livro na América Latina e Caribe [CERLALC], órgão intergovernamental ligado à UNESCO, que definiu os dados bibliográficos mais importantes para indústria internacional do livro.

O Grupo de Trabalho de Metadados CERLALC também definiu, em setembro de 2011, entre outras diretrizes, a adoção da iniciativa Onix for Books como padrão para o intercâmbio de metadados na Região. A iniciativa Onix for Books, desenvolvido pela EDITEUR [www.editeur.org], grupo de coordenação de infraestrutura para comércio eletrônico, está se estabelecendo como padrão internacional para representar e comunicar as informações eletrônicas sobre o produto livro.

Mas os benefícios do padrão de dados Onix for Books, adotado pela Câmara Brasileira do Livro, são, principalmente, para refletir no trabalho diário de centenas de distribuidores, livreiros e bibliotecários que necessitam das informações sobre os livros para melhorar, ainda mais, a circulação, venda e comercialização das obras.

Confira o vídeo sobre o sistema e suas vantagens:

httpv://www.youtube.com/watch?v=Sd1FLwi-o1U

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

da Redação

Para entrar em contato com a Simplíssimo, escreva para contato@simplissimo.com.br

SimplíssimoMetadados e o Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.