Na Espanha, Compraram Mais eReaders Que eBooks

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Uma notícia no mínimo estranha, mas verídica. O site Ler ebooks falou a respeito dos números do mercado editorial digital na Espanha. De acordo com os números, em dezembro de 2011 foram vendidos 280 mil aparelhos de leitura, os eReaders, mas apenas 190 mil eBooks.

Um outro artigo, publicado no La Información, dá três motivos para justificar esse estranho número:

  • Muitos eReaders estavam em oferta, sobretudo na época de Natal;
  • Muitos eReaders já vêm equipados com uma biblioteca da clássicos de domínio público;
  • Grande parte das lojas de eBooks não contabiliza a não-ficção nas suas vendas, e 80% das vendas de conteúdo digital para eReaders costuma ser subscrições de conteúdo digital jurídico.

Eu poderia colocar também outros fatores:

  • Quem comprou um eReader pode não ter experiência com compras, e pode ter começado com livros gratuitos para testar;
  • Quem comprou um eReader pode já possuir uma biblioteca digital, talvez pirata;
  • Os aparelhos comprados não tinham boas campanhas de marketing junto à venda, e não foi estimulada a compra de eBooks;
  • Acervo pequeno em Espanhol. Mesmo com a chegada da Amazon, ainda não chega nem perto do acervo em Inglês.

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.000 autores e editoras. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoNa Espanha, Compraram Mais eReaders Que eBooks

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *