Trazemos ao Brasil a Simplicissimus Book Farm – artigo

Colaboração do leitor Artigos 2 Comments

J. Fernando Tavares e Antonio Tombolini, em Milão/Itália

J. Fernando Tavares (Simplíssimo) e Antonio Tombolini (SBF), em Milão/Itália

A Simplíssimo estreia acompanhada de uma parceria de peso: a italiana Simplicissimus Book Farm (SBF), distribuidora européia de e-books. É um passo importante para o mercado brasileiro estar sintonizado com empresas avançadas e inovadoras como a SBF.

Através da parceria Simplíssimo/SBF, o editor brasileiro passa a contar com serviços especialmente desenvolvidos para a implementação do e-book, da conversão de livros para os formatos e-book mais utilizados do mercado, até o controle completo da distribuição e comercialização do catálogo de e-books.

Histórico da Simplicissimus Book Farm

Em 2004, Antonio Tombolini, fundador da SBF, começou a interessar-se pelo e-book, impulsionado por uma paixão pela leitura, pelos livros e a internet.

Simplicissimus Book Farm

Pioneira na Europa

Tombolini descobriu a pesquisa e as patentes feitas pela empresa americana eInk, que na época desenvolvia uma abordagem revolucionária ligada à exibição de texto digital: não mais pixels acesos constantemente enviando radiação para os olhos, consumindo muita energia e demandando um ângulo definido para a leitura; mas uma página de papel eletrônico, onde o texto é “impresso” na tela, que fica desligada durante a leitura e torna a experiência absolutamente confortável, mesmo em plena luz solar, com um amplo ângulo de visão, muito semelhante ao da leitura em uma página de papel.

Com todas as vantagens que o texto digital tem, e o papel não.

Em 2005 Tombolini começou a conversar com alguns amigos, falando das possibilidades que existiam nesta área. A um deles Tombolini disse: “os leitores de e-book com base em tinta eletrônica vão estar para o papel, como os iPods e os MP3 players estão para a música.”

É o que acontece hoje. Exatamente o que disse Jeff Bezos, um ano e meio depois, no lançamento do Kindle, o aparelho da Amazon baseado em eInk, papel eletrônico.

Tombolini começou a querer conhecer mais e a acompanhar, em particular, o desenvolvimento de um projeto avançado e ambicioso, iniciativa do grupo Philips, a criação da empresa iRex Technologies. A missão da iRex era o desenvolvimento de dispositivos baseados em papel eletrônico. Tombolini viu de perto o nascimento do iLiad, em contato estreito com alguns dos pesquisadores e desenvolvedores da iRex, desde as primeiras fases de testes.

Baseando-se nisso, amadureceu a idéia de adquirir a distribuição do iLiad para a Itália. Com este objetivo Tombolini ganhou a confiança de alguns investidores privados e, em junho de 2006, foi oficialmente criada a Simplicissimus Book Farm – SBF.

Atualmente a SBF dedica-se à distribuição não só do iLiad, mas de todos os leitores de livro eletrônico disponíveis no mercado europeu. Mas ela foi além, oferecendo serviços de conversão, produção e distribuição de e-books para os editores, e desenvolvendo aplicações profissionais baseadas no papel eletrônico para reduzir e eliminar o uso excessivo de papel.

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoTrazemos ao Brasil a Simplicissimus Book Farm – artigo

Comments 2

  1. Pingback: Nasce la partnership tra Simplicissimus-Simplìssimo per la distribuzione di Stealth in Brasile « SBF Blog

  2. Pingback: The UK’s Book Depository launches store, Brazil store next | Bookbee ebooks

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *