Nova versão do Sigil traz novidades

19/02/2013
 / 
por Fernando
 / 

O Sigil, um software livre e gratuito que facilita a produção do arquivo ePub, muito usado para melhorar o arquivo ePub produzido pelo Indesign, recebeu uma atualização. Foi lançada uma nova versão do programa, a 0.7 que pode ser baixada no site do projeto.

Sinalizo aqui 5 novidades interessantes

a) Live Preview

Foi introduzido a possibilidade de ter uma apresentação “live” do arquivo em produção. Muito útil para quem trabalha com dois monitores pois é possível colocar a versão de preview em um monitor e continuarmos a trabalhando o arquivo no outro monitor. As mudanças que fizermos serão automaticamente atualizadas no “Live Preview”. Vai facilitar o trabalho do designer que não quer perder tempo salvando ou mudando a visualização do arquivo.

Para completar esta novidade, agora o Sigil suporta melhor as fontes embutidas, permitindo assim um preview mais próximo do resultado final do ePub.

Com o Live preview podemos usar de maneira prática dois monitores para a produção do nosso eBook

b) Correções de texto

Para os editores e designers que precisam fazer correção de texto no ePub, o Sigil agora apresenta o corretor ortográfico em uma janela separada listando todas as palavras erradas que aparecem no livro, dando a possibilidade de ignora-la, de acrescenta-las no dicionário personalizado ou de corrigi-las.

Ficou mais simples fazer correções ortográficas

c) Edição visual do sumário

Quem produziu o sumário externo no Indesign pode agora fazer pequenas mudanças nele sem ter que lutar com os códigos estranhos do toc.ncx ou ter que apelar para outro software. Basta clicar em no menu Tools > sumário > editar sumário e na janela que se abrirá fazer a edição do sumário externo.

Agora é muito mais fácil fazer correções no sumário do ePub

d) Relatórios

Uma funcionalidade muito interessante e útil para a produção profissional é a presença de relatórios que apresentam a catalogação de alguns elementos presentes no eBook, como por exempo as imagens, descrevendo tamanho e formato, ou uma lista completa dos tags de XHTML usados em cada arquivo do eBook. Muito útil também a lista de classes de CSS que foram usadas no livro. Estes relatórios permitem ter um controle completo da qualidade do livro e entender bem como ele foi composto.

Temos agora relatórios completos sobre os arquivos do ePub

Temos agora relatórios completos sobre os arquivos do ePub

e) Áudio e vídeo

Ainda que este versão não suporte o ePub3, ela possui alguns recursos interessantes como por exemplo a possibilidade de inserir e trabalhar com áudio e vídeo. Isto permite colocar dentro do ePub2 estes recursos de multimídia que funcionam bem em alguns softwares leitores.

Segundo o responsável pelo projeto do Sigil a capacidade dele suportar o formato ePub3 vai demorar, mas vai chegar. Sendo algo de muito importante no desenvolvimento do software ainda não se decidiu se o Sigil vai simplesmente abandonar o ePub2 e seguir só com o ePub3 ou vai conseguir administrar os dois formatos de maneira correta.

Em todo caso o Sigil continua sendo um software indispensável para quem quer produzir um eBook de qualidade e ainda não está totalmente familiarizado com a estrutura e as definições internas de um ePub.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

19/02/2013
 / 
por Fernando
 / 

O Sigil, um software livre e gratuito que facilita a produção do arquivo ePub, muito usado para melhorar o arquivo ePub produzido pelo Indesign, recebeu uma atualização. Foi lançada uma nova versão do programa, a 0.7 que pode ser baixada no site do projeto.

Sinalizo aqui 5 novidades interessantes

a) Live Preview

Foi introduzido a possibilidade de ter uma apresentação “live” do arquivo em produção. Muito útil para quem trabalha com dois monitores pois é possível colocar a versão de preview em um monitor e continuarmos a trabalhando o arquivo no outro monitor. As mudanças que fizermos serão automaticamente atualizadas no “Live Preview”. Vai facilitar o trabalho do designer que não quer perder tempo salvando ou mudando a visualização do arquivo.

Para completar esta novidade, agora o Sigil suporta melhor as fontes embutidas, permitindo assim um preview mais próximo do resultado final do ePub.

Com o Live preview podemos usar de maneira prática dois monitores para a produção do nosso eBook

b) Correções de texto

Para os editores e designers que precisam fazer correção de texto no ePub, o Sigil agora apresenta o corretor ortográfico em uma janela separada listando todas as palavras erradas que aparecem no livro, dando a possibilidade de ignora-la, de acrescenta-las no dicionário personalizado ou de corrigi-las.

Ficou mais simples fazer correções ortográficas

c) Edição visual do sumário

Quem produziu o sumário externo no Indesign pode agora fazer pequenas mudanças nele sem ter que lutar com os códigos estranhos do toc.ncx ou ter que apelar para outro software. Basta clicar em no menu Tools > sumário > editar sumário e na janela que se abrirá fazer a edição do sumário externo.

Agora é muito mais fácil fazer correções no sumário do ePub

d) Relatórios

Uma funcionalidade muito interessante e útil para a produção profissional é a presença de relatórios que apresentam a catalogação de alguns elementos presentes no eBook, como por exempo as imagens, descrevendo tamanho e formato, ou uma lista completa dos tags de XHTML usados em cada arquivo do eBook. Muito útil também a lista de classes de CSS que foram usadas no livro. Estes relatórios permitem ter um controle completo da qualidade do livro e entender bem como ele foi composto.

Temos agora relatórios completos sobre os arquivos do ePub

Temos agora relatórios completos sobre os arquivos do ePub

e) Áudio e vídeo

Ainda que este versão não suporte o ePub3, ela possui alguns recursos interessantes como por exemplo a possibilidade de inserir e trabalhar com áudio e vídeo. Isto permite colocar dentro do ePub2 estes recursos de multimídia que funcionam bem em alguns softwares leitores.

Segundo o responsável pelo projeto do Sigil a capacidade dele suportar o formato ePub3 vai demorar, mas vai chegar. Sendo algo de muito importante no desenvolvimento do software ainda não se decidiu se o Sigil vai simplesmente abandonar o ePub2 e seguir só com o ePub3 ou vai conseguir administrar os dois formatos de maneira correta.

Em todo caso o Sigil continua sendo um software indispensável para quem quer produzir um eBook de qualidade e ainda não está totalmente familiarizado com a estrutura e as definições internas de um ePub.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Deixe um comentário