Capa nome do livro

Uma Explicação do Credo dos Apóstolos
Uma Exposição Completa da Fé Católica

Hermann Rolfus


Capa nome do livro

Uma Explicação do Credo dos Apóstolos

Uma Exposição Completa da Fé Católica
 
Este tratado contém uma explicação teológica e doutrinária dos artigos de fé do Credo Católico.
R$ 19 | Ebook
Imagens meramente ilustrativas -- não inclui aparelhos e/ou livro impresso.

Para comprar, comece aqui

Crie sua conta abaixo. Se já tem conta, faça login
Hidden
Hidden

Arquivo ePub | Baixe ou leia online

Este tratado contém uma explicação teológica e doutrinária dos artigos de fé do Credo Católico.

Se quisermos alcançar o fim para o qual fomos criados, a saber, a salvação de nossas almas, é de vital necessidade que conheçamos o Senhor nosso Deus, por quem todas as coisas são feitas e existem. Para adquirir este conhecimento limitado a razão humana é grandemente auxiliada pela fé. Ora, a fé é uma virtude e um dom de Deus, pelo qual, conhecendo a veracidade infalível de Deus, temos certeza de tudo o que Ele revelou e apresentou por meio de Sua Igreja para nossa aceitação e crença.

A fé em geral pode ser definida da seguinte forma: é considerar verdadeiro tudo o que outro nos diz, sob sua autoridade, e sem exigir de tal pessoa quaisquer provas da verdade que ele afirma. Assim que sabemos que uma verdade foi revelada por Deus, cremos nela sem exigir a prova de sua certeza, sabendo, como sabemos, que Deus não pode errar, nem afirmar falsidade, pois Ele mesmo é a verdade eterna e infalível. Esta é a fé religiosa, ou fé no sentido próprio da palavra.

Como obtemos tal crença? Quão pouco as pessoas privadas da luz da fé conhecem Deus e seu próprio destino! Da natureza de Deus e das três pessoas divinas em Deus eles nada sabem. Eles não sabem quem os redimiu nem quem os santificou. Embora capazes de distinguir entre o bem e o mal, seu conhecimento dele e das virtudes cristãs, como castidade, caridade, etc., é necessariamente muito imperfeito.

Uma fé que ensina essas verdades não pode proceder apenas da razão humana, mas deve necessariamente vir de Deus. A fé é um dom de Deus São Paulo recebeu este dom ou graça da fé enquanto viajava para Damasco com a intenção declarada de perseguir os cristãos. Recebemos a graça da fé no Sacramento do Batismo, bem como nos demais sacramentos, pela nossa oração zelosa e contínua. Todo o nosso estudo, ciência e trabalhos não podem nos dar fé. Por isso, São Paulo escreve: “Pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós, porque é dom de Deus”. (Efésios 2:8)

No entanto, Deus, embora nos conceda fé, não força nossa crença. Temos nosso livre arbítrio, que pode aceitar ou rejeitar a fé. Se aceitarmos e preservarmos através da vida a fé que nos foi dada por Deus, se dirigirmos todos os nossos pensamentos, palavras e ações de acordo com a lei e os requisitos da fé, essa fé ou crença dentro de nós se torna uma virtude real, e então, e só então podemos nos chamar de cristãos crentes, católicos verdadeiramente crentes. A verdadeira fé de um cristão católico é, portanto, uma virtude e um dom de Deus, pelo qual consideramos verdadeiro tudo o que Deus revelou.

Comprar
R$ 19
Simplíssimo Livros Ltda © 2010-2018 - Praça Conde de Porto Alegre, 37/11 - Porto Alegre/RS - 90020-130 - Brasil
Abrir chat
Chat via Whats (51) 98628-2293