kindle-touch

Para Ser Vendido a R$199, Kindle Pode Precisar de Aprovação de Lei no Brasil

da Redação Ebooks, Notícias 2 Comments

Raquel Cozer noticiou na Folha:

A meta da Amazon de vender o Kindle a R$199 no Brasil depende da aprovação do Projeto de Lei 114/10, que defende estender a isenção fiscal de livros a eBooks e eReaders.

O PL está parado na Comissão de Educação do Senado. Foi retirado de pauta em agosto a pedido da liderança do governo, que priorizava a MP para desonerar a produção de tablets no Brasil – esta lei, condição para a taiwanesa Foxconn trazer sua linha de produção, foi sancionada em outubro.

Produzir o Kindle no Brasil não é o objetivo imediato da Amazon, que aguarda a desoneração da importação. Com sorte, o início da venda a R$199 ficaria para o segundo semestre.

Ou seja, graças à demora na Justiça e na aprovação de leis por parte do nosso governo, é bem provável que fiquemos chupando o dedo em relação a Kindles baratos. A aprovação dessa lei tramita pelo senado há meses, e o empurra-empurra faz com que nada seja resolvido. Esse é mais um dos motivos pelo qual estamos com mais de três anos de atraso em relação a um mercado maduro como o dos Estados Unidos.

Grandes editoras, pessoas influentes no meio, usem de seus métodos e amizades para fazer isso andar. Se não, o Brasil do eBook não desempaca.

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoPara Ser Vendido a R$199, Kindle Pode Precisar de Aprovação de Lei no Brasil

Comments 2

  1. E não há nenhum tipo de movimento que nós, diretamente interessados no assunto, possamos capitanear, fazer barulho enfim, para podermos ter eco no senado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *