Por que a Amazon vai dar Livros de Graça?

07/11/2011
 / 
por Eduardo Melo
 / 

Excelente texto do David Pogue no Estadão de 03/11 – só via agora, mas achei interessante compartilhar aqui. Ele analisa os movimentos da Amazon com o seu programa Amazon Prime, que cobra uma assinatura anual (de US$ 80,00) dos usuários e fornece cada vez mais vantagens – a última delas, justamente, o download grátis de um eB ook por mês da Kindle Lending Library. Com a concorrência de Apple e B&N crescendo e ganhando espaço, a Amazon parte para uma das coisas que sabe fazer muito bem: inovar e encantar seus clientes. Livreiros, editores… sentem e assistam.

Pogue vai direto ao ponto, se preferir ler tudo visite o Estadão.

Deve haver algum tipo de plano mestre, pois a Amazon está gastando os tubos para fazer a ideia dar certo. Como a oferta se limita aos proprietários do Kindle — não funciona se usarmos o serviço Kindle num iPad, por exemplo –, o objetivo é vender mais Kindles.

Obviamente, as editoras de livros, conhecidas pelo medo que sentem do formato eletrônico, não teriam aceitado a oferta de livros gratuitos da Amazon sem receber garantias expressivas — e muito dinheiro. Como seria de se esperar, a Amazon diz que estes livros gratuitos para o Kindle não são de fato gratuitos. A empresa está pagando às editoras pelo direito de distribuí-los.

“Os títulos na Biblioteca de Empréstimos dos proprietários do Kindle vêm de uma série de editoras e são oferecidos de acordo com uma variedade de termos de uso”, diz a Amazon. “Em relação à grande maioria dos títulos, a Amazon chegou a um acordo com as editoras para incluir as obras no programa por uma taxa fixa. Em certos casos, a Amazon compra um livro cada vez que o título é emprestado por um leitor, pagando às editoras o preço total do varejo e sem oferecer a elas nenhum tipo de risco para demonstrar-lhes a oportunidade de crescimento — e lucro — incremental que este novo serviço representa.”

Uau. A Amazon está mesmo comprando eBooks para oferecer gratuitamente aos consumidores.

Fonte: Por que a Amazon vai dar livros de graça? – David Pogue – Link – Estadao.com.br.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

07/11/2011
 / 
por Eduardo Melo
 / 

Excelente texto do David Pogue no Estadão de 03/11 – só via agora, mas achei interessante compartilhar aqui. Ele analisa os movimentos da Amazon com o seu programa Amazon Prime, que cobra uma assinatura anual (de US$ 80,00) dos usuários e fornece cada vez mais vantagens – a última delas, justamente, o download grátis de um eB ook por mês da Kindle Lending Library. Com a concorrência de Apple e B&N crescendo e ganhando espaço, a Amazon parte para uma das coisas que sabe fazer muito bem: inovar e encantar seus clientes. Livreiros, editores… sentem e assistam.

Pogue vai direto ao ponto, se preferir ler tudo visite o Estadão.

Deve haver algum tipo de plano mestre, pois a Amazon está gastando os tubos para fazer a ideia dar certo. Como a oferta se limita aos proprietários do Kindle — não funciona se usarmos o serviço Kindle num iPad, por exemplo –, o objetivo é vender mais Kindles.

Obviamente, as editoras de livros, conhecidas pelo medo que sentem do formato eletrônico, não teriam aceitado a oferta de livros gratuitos da Amazon sem receber garantias expressivas — e muito dinheiro. Como seria de se esperar, a Amazon diz que estes livros gratuitos para o Kindle não são de fato gratuitos. A empresa está pagando às editoras pelo direito de distribuí-los.

“Os títulos na Biblioteca de Empréstimos dos proprietários do Kindle vêm de uma série de editoras e são oferecidos de acordo com uma variedade de termos de uso”, diz a Amazon. “Em relação à grande maioria dos títulos, a Amazon chegou a um acordo com as editoras para incluir as obras no programa por uma taxa fixa. Em certos casos, a Amazon compra um livro cada vez que o título é emprestado por um leitor, pagando às editoras o preço total do varejo e sem oferecer a elas nenhum tipo de risco para demonstrar-lhes a oportunidade de crescimento — e lucro — incremental que este novo serviço representa.”

Uau. A Amazon está mesmo comprando eBooks para oferecer gratuitamente aos consumidores.

Fonte: Por que a Amazon vai dar livros de graça? – David Pogue – Link – Estadao.com.br.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Esta página ainda não tem comentários. Quer comentar primeiro?

Deixe um comentário