Money

Preços de eBooks Sobem nos Estados Unidos

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Uma matéria no site Wall Street Journal revela que os novos proprietários de eReaders e tablets vão levar um susto quando forem comprar seus livros digitais. Em alguns casos, os exemplares virtuais estão mais caros do que os impressos (onde foi que eu já vi isso? Ah, já sei, aqui no Brasil).

Quando a Amazon lançou o seu primeiro eReader Kindle por volta de novembro de 2007, a o best-seller de US$9,99 foi um ponto chave nas vendas. Hoje, o preço de um Kindle despencou para menos de US$100 – em comparação a US$399 na época. Mas os preços dos eBooks para alguns títulos populares dispararam. Os aumentos de preço dos digitais são o resultado de uma decisão das seis maiores editoras para definir seus próprios preços aos consumidores, um movimento que efetivamente barra varejistas de darem desconto em eBooks sem permissão. Tal acordo existe para os livros impressos, onde os varejistas estão livres para estabelecer seus próprios preços. Assim, enquanto um best-seller de preços eBook é muitas vezes menos da metade do preço de capa dura, descontos pesados na versão impressa fecham a lacuna entre os dois meios.

Isso pode prejudicar as vendas de eBooks e promover as vendas de títulos a menores preços, particularmente os eBooks auto-publicados e livros impressos. Como um consumidor disse: “É difícil justificar a compra de eBooks que custam US$10 a $15 quando você pode comprar o livro real usado na Amazon por US$2 ou US$3.”

O plano de agência tem protegido do preço em muitos eBooks. Ainda assim, a editora Hachette disse que “83% de seus títulos digitais custam de US$9,99 para baixo”, diz a reportagem. E o Yankee Group concluiu que o preço médio de um livro digital caiu para US$8,19 dólares este ano, comparado com US$9,23 em 2009.

Já Jeremy Greenfield, do site Digital Book World, não concorda com a matéria. Embora existam casos isolados de eBooks custando mais do que livros impressos, em geral, o preço dos eBooks caiu 11% desde 2009, de acordo com o relatório do site WSJ. O preço médio de um eBook para Kindle, no dia de Natal de 2010, foi de US$8,21 e 17 dos 100 livros da lista foram precificados a US$2,99 ou abaixo, de acordo com dados fornecidos por e-Book Market View.

Desde então, o preço médio diminuiu sensivelmente. A partir de 14 dezembro de 2011, o preço médio de um livro na mesma lista foi US$7,08, uma diminuição de 14%, e 35 dos 100 livros da lista foram precificados a US$2,99 ou menos.

Aqui no Brasil isso não é nenhuma novidade para ninguém, Impossível encontrar um best-seller ou eBook de alguma editora por menos de R$18. E olha que nem temos eReaders a menos de R$150 por aqui.

Com informações do TeleRead e Digital Book World.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

da Redação

Para entrar em contato com a Simplíssimo, escreva para contato@simplissimo.com.br

SimplíssimoPreços de eBooks Sobem nos Estados Unidos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *