Pricewaterhouse Cooper Faz Previsão Para Mercado de eBooks em 2016

27/06/2012
 / 
por da Redação
 / 

É difícil adivinhar, prever e muito menos ter certeza do que será do futuro dos eBooks. Mas a empresa Pricewaterhouse Cooper tem um palpite, e ele é baseado em uma série de pesquisas que dizem como será o mercado em 2016.

Em 2011, as vendas de eBooks foram responsáveis ​​por US$19 bilhões nos EUA e em 2016 esse número deve aumentar para US$21 bilhões, e deverão responder por metade dos gastos com literatura. Pouco, quase estável, para uma nova tecnologia. No mercado global, eBooks eTextbooks devem responder por um escalonamento de US$48 bilhões em vendas.

Outro dado interessante captado pelo relatório diz respeito ao mundo. O gráfico abaixo mostra que as vendas de eBooks na América do Norte vão aumentar muito, enquanto que em outros continentes – em especial na América do Sul e África –, pouco irá mudar.

PWC-grafico2016

Com informações de Good E-Reader e paidContent.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

27/06/2012
 / 
por da Redação
 / 

É difícil adivinhar, prever e muito menos ter certeza do que será do futuro dos eBooks. Mas a empresa Pricewaterhouse Cooper tem um palpite, e ele é baseado em uma série de pesquisas que dizem como será o mercado em 2016.

Em 2011, as vendas de eBooks foram responsáveis ​​por US$19 bilhões nos EUA e em 2016 esse número deve aumentar para US$21 bilhões, e deverão responder por metade dos gastos com literatura. Pouco, quase estável, para uma nova tecnologia. No mercado global, eBooks eTextbooks devem responder por um escalonamento de US$48 bilhões em vendas.

Outro dado interessante captado pelo relatório diz respeito ao mundo. O gráfico abaixo mostra que as vendas de eBooks na América do Norte vão aumentar muito, enquanto que em outros continentes – em especial na América do Sul e África –, pouco irá mudar.

PWC-grafico2016

Com informações de Good E-Reader e paidContent.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

  1. Stella,
    Esses números não estavam fazendo sentido, então fui buscar a informação na fonte. No paid content, o texto diz que 19 bi é a soma do impresso e digital, e os 21bi também.
    “in the U.S. and the total U.S. consumer book market (print + digital) will be worth $21 billion, up from $19.5 billion in 2011.”
    Já o gráfico fala apenas dos e-books.
    Só de olhar, já da para ver que em 2011 os ebooks não chegam a 3 bi. E em 2016, fica em torno de 16 bi.
    Agora sim, um crescimento de 3 para 16 bi faz mais sentido.

Deixe um comentário para MarceloCancelar comentário