Kobo

Rakuten Adquire Kobo por US$315 Milhões

da Redação Notícias 2 Comments

Eu bem que disse que a Kobo é a bola da vez. Em um anúncio feito pela madrugada (no horário brasileiro) a empresa anunciou sua compra pela Rakuten, empresa de eCommerce japonesa que é a terceira maior do mundo em lucros. O negócio, de acordo com o site eBookNewser, custou US$315 milhões em dinheiro.

Ainda não dá para saber com precisão se essa é uma boa ou má notícia, mas tudo indica que isso faz parte da estratégia da Kobo em se lançar para o mercado internacional. O mercado japonês de livros e conteúdo digital já é relativamente grande e está em plena expansão.

A Kobo é uma empresa nova, abriu em 2009 como loja de brinquedos e presentes, e ganhou rapidamente respeito e confiança pela sua grande plataforma de livros digitais e por seus aparelhos de qualidade, que logo se equipararam ao nook da Barnes & Noble e ao Kindle da Amazon. Rapidamente a empresa chegou ao terceiro lugar no mercado de livros digitais nos Estados Unidos – mesmo sendo canadense –, e recentemente demonstrou interesse em se expandir pelo mundo, firmando uma série de acordos com lojas e livrarias do planeta.

Segundo o site FutureBook, todos os empregados, assim como a sede em Toronto, será mantida: “A Kobo planeja manter sua sede em Toronto, operando sob a marca Kobo. Nossas equipes em Nova Iorque, Londres, Paris, Hamburgo, Barcelona e Melbourne se mantém fortes. Continuaremos funcionando como uma operação independente. Nosso CEO e a equipe de gerência sênior permanecem inalteradas”, comentou Michael Tamblyn, vice presidente executivo da Kobo.

Hiroshi Mikitani, CEO da Rakuten, afirmou: “Estamos muito animados com esta nova etapa. A Kobo oferece uma das melhores experiências de leitura com sua integração inovadora das mídias sociais, como Facebook e Twitter, enquanto a Rakuten oferece a oportunidade de estender o mercado da Kobo a grandes mercados de eCommerce incluindo a Buy.com nos EUA, Tradoria na Alemanha, Rakuten Brasil, Rakuten Taiwan, Lekutian na China, TARAD na Tailândia, e Rakuten Belanja online na Indonésia, e, claro, Rakuten Ichiba no Japão”, noticiou o site Teleread.

Para a Kobo, é o que faltava para ganhar o mundo.

Kobo no Brasil?

Sim, se você também prestou atenção ao depoimento de Mikitani, leu sua citação ao braço brasileiro da Rakuten. A empresa chegou recentemente ao Brasil, segundo o site Computerworld. Se você acessar o site oficial, verá que anúncios no Twitter indicam a abertura da loja em 4 dias. Será que teremos a Kobo nessa inauguração?

Para nós é uma excelente notícia, pois parece que a Kobo chegará aqui bem antes do que prevíamos, pois não será preciso nenhum acordo com lojas ou livrarias para que seus aparelhos e sua plataforma de conteúdo chegue aqui, 90% dos passos já estão dados. Resta apenas saber se a Rakuten conseguirá trazer os aparelhos a preços razoáveis. Se conseguir, será uma reviravolta no mercado de eReaders.

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoRakuten Adquire Kobo por US$315 Milhões

Comments 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *