Kobo

Rakuten Adquire Kobo por US$315 Milhões

da Redação Notícias 2 Comments

Eu bem que disse que a Kobo é a bola da vez. Em um anúncio feito pela madrugada (no horário brasileiro) a empresa anunciou sua compra pela Rakuten, empresa de eCommerce japonesa que é a terceira maior do mundo em lucros. O negócio, de acordo com o site eBookNewser, custou US$315 milhões em dinheiro.

Ainda não dá para saber com precisão se essa é uma boa ou má notícia, mas tudo indica que isso faz parte da estratégia da Kobo em se lançar para o mercado internacional. O mercado japonês de livros e conteúdo digital já é relativamente grande e está em plena expansão.

A Kobo é uma empresa nova, abriu em 2009 como loja de brinquedos e presentes, e ganhou rapidamente respeito e confiança pela sua grande plataforma de livros digitais e por seus aparelhos de qualidade, que logo se equipararam ao nook da Barnes & Noble e ao Kindle da Amazon. Rapidamente a empresa chegou ao terceiro lugar no mercado de livros digitais nos Estados Unidos – mesmo sendo canadense –, e recentemente demonstrou interesse em se expandir pelo mundo, firmando uma série de acordos com lojas e livrarias do planeta.

Segundo o site FutureBook, todos os empregados, assim como a sede em Toronto, será mantida: “A Kobo planeja manter sua sede em Toronto, operando sob a marca Kobo. Nossas equipes em Nova Iorque, Londres, Paris, Hamburgo, Barcelona e Melbourne se mantém fortes. Continuaremos funcionando como uma operação independente. Nosso CEO e a equipe de gerência sênior permanecem inalteradas”, comentou Michael Tamblyn, vice presidente executivo da Kobo.

Hiroshi Mikitani, CEO da Rakuten, afirmou: “Estamos muito animados com esta nova etapa. A Kobo oferece uma das melhores experiências de leitura com sua integração inovadora das mídias sociais, como Facebook e Twitter, enquanto a Rakuten oferece a oportunidade de estender o mercado da Kobo a grandes mercados de eCommerce incluindo a Buy.com nos EUA, Tradoria na Alemanha, Rakuten Brasil, Rakuten Taiwan, Lekutian na China, TARAD na Tailândia, e Rakuten Belanja online na Indonésia, e, claro, Rakuten Ichiba no Japão”, noticiou o site Teleread.

Para a Kobo, é o que faltava para ganhar o mundo.

Kobo no Brasil?

Sim, se você também prestou atenção ao depoimento de Mikitani, leu sua citação ao braço brasileiro da Rakuten. A empresa chegou recentemente ao Brasil, segundo o site Computerworld. Se você acessar o site oficial, verá que anúncios no Twitter indicam a abertura da loja em 4 dias. Será que teremos a Kobo nessa inauguração?

Para nós é uma excelente notícia, pois parece que a Kobo chegará aqui bem antes do que prevíamos, pois não será preciso nenhum acordo com lojas ou livrarias para que seus aparelhos e sua plataforma de conteúdo chegue aqui, 90% dos passos já estão dados. Resta apenas saber se a Rakuten conseguirá trazer os aparelhos a preços razoáveis. Se conseguir, será uma reviravolta no mercado de eReaders.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

da Redação

Para entrar em contato com a redação do Revolução eBook, escreva para sac@simplissimo.com.br

SimplíssimoRakuten Adquire Kobo por US$315 Milhões

Comments 2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.