Resenha – eReader W860

da RedaçãoAtualizado em: Ebooks 2 Comments

O W860 é uma aposta de importadoras e lojas brasileiras no mercado de livros eletrônicos. E esse eReader aqui não decepciona: tiramos ele da caixa já com uma boa capinha protetora. Além dela, encontramos também um fone de ouvido, cabo USB e carregador.

Seu design é simples e sóbrio. Ele não é lindo, mas seus detalhes o deixam sério, preto e fosco. Ele possui em sua face botões de toque (que parecem de apertar na primeira impressão) com controle de volume, para virar páginas, home, controle de música, zoom e retorno. Embaixo ficam a saída para fone, porta miniUSB, entrada para cartão, botão de energia e o reset. Ele é o mais leve dos testes, pesa apenas 189 gramas!

Design simples. (Crédito: Eduardo Rodrigues)

O menu é simples, todo em português, dá pra executar uma função ou modificar alguma configuração com poucos cliques. Entretanto, o botão home (representado por uma casinha) tem função atrapalhada, clicar nele não significa que você irá retornar ao menu principal do aparelho, e sim abrir o menu do livro ou outras funções diferentes.

Na hora da leitura estranhamos um pouco o fato dos botões para passar a página só serem encontrados de um dos lados, obrigando o leitor a usar as duas mãos ou obrigatoriamente a mão direita. No resto ele se saiu bem, com uma virada de página em arquivo ePub durando 3 segundos e 6 segundos para abrir o livro. No PDF foram 5 segundos para abrir e 2,5 segundos para virar uma página.

Vem com capinha e fones de ouvido. (Crédito: Eduardo Rodrigues)

É possível inserir marcadores de página nos arquivos, mas não se pode inserir qualquer anotação ou grifo no texto. Mas, se você não colocar o marcador de páginas, ele não se lembrará do local onde você parou a leitura de um livro, uma função essencial em um eReader. É possível escolher ler em até 8 fontes diferentes.

Ele não lê arquivos ePub e PDF com DRM, então ele não vai funcionar com a maioria dos livros vendidos em grandes livrarias. Porém, ele reconhece arquivos em MOBI, HTML, TXT, RTF e PRC, além de JPG, BMP, PNG, GIF, MP3 e WMA. Ás vezes podem ocorrer alguns problemas de acentuação, mas é possível que sejam devidos à conversão de arquivos.

Botões são de toque, não de apertar. (Crédito: Eduardo Rodrigues)

A tela tem bom contraste, mas quando viramos uma página ou selecionamos uma imagem diferente, a marca da página ou imagem anterior fica na seguinte por um tempo maior do que o esperado. Ele tem apenas 8 tons de cinza na composição da tela, então fotos podem ficar com baixa definição. Porém, é indicado para quadrinhos como mangá, já que a transição de páginas em JPG é rápida.

Ele tem 2GB de memória interna e aceita cartões no padrão SD com capacidade para até 8GB. Ele roda sob sistema Linux e seu chipset é o STMP3780, um processador utilizado em tocadores multimídia, mas não encontramos informações sobre sua potência.

Botões de página apenas de u lado. (Crédito: Eduardo Rodrigues)

O som externo dele é um pouco baixo, pois só há uma pequena saída de som na traseira. Para tocar áudio sem atrapalhar ninguém o W860 já vem com um par de fones que não também não é dos mais altos, mas dá pra ouvir música ou um audiolivro em local quieto sem problemas. Há uma área dedicada para a música, onde é possível ver artista, álbum e nome da canção, mas navegar pelo tocador é um pouco confuso.

Entrada para cartão e fone. (Crédito: Eduardo Rodrigues)

Sua bateria tem duração média. Ouvindo música os palitinhos que indicavam a carga caíram rapidamente, e na leitura de livros ele aguentou mais de uma semana de uso intenso. Uma coisa estranha que notamos foi que, no desligamento automático, ele manteve a página que deixamos, então pensamos que ele tinha travado, e não desligado. Seu preço o torna competitivo em relação ao Alfa e ao Cool-ER. Embora não tenha nenhuma conexão sem fio ou outras funções como o Kindle, ele cumpre seu uso com competência e bom custo benefício.

Confira a vídeo-resenha:

httpv://www.youtube.com/watch?v=6S1nteWZ6r0

W860
Preço: R$400
Site: maniavirtual.com.br

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

da Redação

Para entrar em contato com a redação do Revolução eBook, escreva para sac@simplissimo.com.br

SimplíssimoResenha – eReader W860

Comments 2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.