Os resultados da nossa pesquisa informal – qual tema merece prioridade?

Eduardo Melo Ebooks, Notícias 1 Comment

Durante três dias, convidamos os leitores do Revolução eBook a opinar sobre quais temas merecem mais prioridade, quando o assunto é livro digital. Tivemos a participação de quase 200 pessoas, agradecemos a todos que colaboraram! Vamos orientar a abordagem do Revolução eBook para estes assuntos, nas próximas semanas.

As perguntas permitiam múltiplas respostas, de modo que a soma dos percentuais ultrapassa 100%:

Quais destes temas merecem prioridade?

  • 67% – Mercado de eBooks;
  • 43% – Experências / Cases;
  • 34% – Pensamentos e visões acadêmicas;
  • 32% – DRM;
  • 26% – Pirataria;

Os temas específicos mais votados:

  • 52% – O perfil dos leitores de livros digitais;
  • 51% – O que mudou nos países que já ganharam lojas da Apple e da Amazon;
  • 48% – As mudanças nos hábitos de leitura introduzidas pelos eBooks;
  • 42% – Produção de eBooks em geral
  • 38% – Direitos autorais e eBooks

Os temas específicos menos votados (todos com 10% ou menos):

  • Cases de grandes livrarias
  • Cases de grandes editoras
  • Pirataria – como combater legalmente
  • DRM – para quem não é útil
  • DRM – para quem é útil

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

Eduardo Melo

Eduardo Melo é fundador da Simplíssimo e seu diretor-executivo desde 2010. É licenciado em História e Mestre em Teoria da Literatura.

SimplíssimoOs resultados da nossa pesquisa informal – qual tema merece prioridade?

Comments 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.