Site de Conteúdo Pirata é Fechado Com Auxílio da Hachette UK

27/03/2012
 / 
por da Redação
 / 

Enquanto não inventam um jeito melhor para vender seus livros, as editoras correm atrás dos sites piratas que estão “roubando” seus clientes.

O site The Next Web anunciou que a Hachette UK conseguiu uma ação que obrigava o site Mobiles24 a remover todo o conteúdo da editora de seu site, que oferecia livros gratuitamente. O processo previa que o conteúdo fosse retirado até o site 29 de fevereiro.

Com o ocorrido, os proprietários do site resolveram tirar o link todo do ar, pois era bem provável que mais ações pudesse ocorrer.

O CEO da editora, Tim Hely Hutchinson, afirmou ao site The Bookseller:

“Estou muito contente com o resultado da nossa ação justificada. Isso envia uma mensagem muito clara para quem se apropria de nossos arquivos, ferindo nossos direitos autorais e de nossos autores. Nós sempre deixamos claro que nós consideramos infrações de direitos autorais como roubo: vamos seguir qualquer caso em que encontrarmos esse caso, e nossas ações serão mantidas pelo tribunal.”

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

27/03/2012
 / 
por da Redação
 / 

Enquanto não inventam um jeito melhor para vender seus livros, as editoras correm atrás dos sites piratas que estão “roubando” seus clientes.

O site The Next Web anunciou que a Hachette UK conseguiu uma ação que obrigava o site Mobiles24 a remover todo o conteúdo da editora de seu site, que oferecia livros gratuitamente. O processo previa que o conteúdo fosse retirado até o site 29 de fevereiro.

Com o ocorrido, os proprietários do site resolveram tirar o link todo do ar, pois era bem provável que mais ações pudesse ocorrer.

O CEO da editora, Tim Hely Hutchinson, afirmou ao site The Bookseller:

“Estou muito contente com o resultado da nossa ação justificada. Isso envia uma mensagem muito clara para quem se apropria de nossos arquivos, ferindo nossos direitos autorais e de nossos autores. Nós sempre deixamos claro que nós consideramos infrações de direitos autorais como roubo: vamos seguir qualquer caso em que encontrarmos esse caso, e nossas ações serão mantidas pelo tribunal.”

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Esta página ainda não tem comentários. Quer comentar primeiro?

Deixe um comentário