Kindle à venda por R$ 299 “nas próximas semanas”

Eduardo Melo Ebooks, Notícias 5 Comments

Para muita gente, a espera pela chegada da Amazon ao Brasil prosseguirá até 2013. Embora a loja de ebooks brasileira tenha sido aberta, com preços em reais, o desejado ereader só estará disponível em “algumas semanas”, por R$ 299 – um ótimo preço, diga-se de passagem.

A estratégia da Amazon, em relação ao preço do Kindle, é diabólica. Mesmo sem ter o produto disponível, já anunciou o preço do aparelho, exatamente R$ 100 (25%) mais barato que o concorrente Kobo, da Livraria Cultura. Quantas pessoas irão desistir da aquisição do Kobo Touch, agora que sabem os preços? O Kobo ainda é [leia mais]

SimplíssimoKindle à venda por R$ 299 “nas próximas semanas”

Dezembro chegou. E a Amazon? Ainda está chegando…

Eduardo MeloAtualizado em: Ebooks, Notícias 4 Comments

A Amazon passou o ano inteiro “chegando” ao Brasil. O ano de 2012 foi repleto de apostas sobre a data em que isso se confirmaria. Após várias previsões furarem, a mais recente aposta é, também, a mais audaciosa: que a Amazon chega agora, na primeira semana de dezembro.

É o que diz a bola de crist– coluna online de Lauro Jardim, na Veja:

Está tudo pronto para a Amazon começar sua operação de venda de ebooks no Brasil na semana que vem.  Venderá também o Kindle. Livros de papel, assim como outros produtos, só no ano que vem.

Diferentemente das outras previsões, neste começo de [leia mais]

SimplíssimoDezembro chegou. E a Amazon? Ainda está chegando…

O que CBL e SNEL esperam da Amazon

Eduardo MeloAtualizado em: Ebooks, Notícias Deixe um comentário

A melhor matéria resumindo a pesquisa da CBL e do SNEL sobre o mercado editorial, divulgada ontem, foi da Maria Fernanda Rodrigues (Estadão). Ao menos, no quesito eBooks. Ela teve o cuidado de reproduzir a opinião das duas principais entidades do livro no Brasil a respeito da chegada da Amazon, expressas pelas suas presidentes. Duas declarações bastante diplomáticas e sincronizadas.

“Esperamos que a Amazon venha aumentar o mercado, não acabar com nenhum elo da cadeia e nem assombrar nenhum editor. Esperamos, então, que ela venha complementar a oferta de títulos e aumentar a possibilidade de distribuição de uma maneira mais igualitária dentro [leia mais]

SimplíssimoO que CBL e SNEL esperam da Amazon

E você, o que espera com a chegada da Amazon no Brasil?

Eduardo MeloAtualizado em: Ebooks, Notícias 3 Comments

As presidentes da CBL e do SNEL comentaram, ontem, o que suas entidades esperam com a chegada da Amazon no Brasil. Cada um de nós deveria parar e se perguntar a mesma coisa, para refletir seriamente sobre o assunto. O que você espera da chegada da Amazon no Brasil? Qual seria a sua resposta?

A minha, seria esta:

As empresas de tecnologia não estão vindo para fazer parte do mercado editorial já existente. Isso vale para a Amazon, Apple, Google, e outras empresas. Elas não tem qualquer compromisso com mercados locais, [leia mais]

SimplíssimoE você, o que espera com a chegada da Amazon no Brasil?

A Amazon entra no Brasil “de qualquer jeito” até o fim do ano

Eduardo Melo Ebooks, Notícias 1 Comment

É o que diz a coluna de Lauro Jardim, da Veja:

A encrencada negociação da Amazon para vender e-books (e o seu Kindle) no Brasil continua emperrada, assim como a da Apple (leia mais em Pisada no freio).

A empresa de Jeff Bezos, contudo, já decidiu: entrará aqui de qualquer maneira. Até o fim do ano, desembarca no Brasil para vender de livros físicos a roupas – ou seja, tudo o que a Amazon americana vende.

Fonte: Radar on-line

SimplíssimoA Amazon entra no Brasil “de qualquer jeito” até o fim do ano

Amazon compra concorrente no Reino Unido. Seria um caminho para o Brasil?

Eduardo Artigos, Ebooks, Notícias 1 Comment

Foi a pergunta feita pelo Newton Neto no grupo de discussão que ele mantém no Linkedin. E como um diretor da Amazon recentemente zanzou aqui pelo Brasil e pretende voltar em setembro, faz bastante sentido questionarmos como os executivos da Amazon planejam desembarcar aqui, terra brasilis….

Eu não sou especialista no mundo corportativo, mas me parece que a Amazon tende a adquirir empresas para eliminar ou absorver concorrentes. Pelo que dizem, a compra da The Book Depository cumpre as duas funções: elimina um concorrente que tinha abrangência global (2/3 das vendas eram globais) e poderia crescer, [leia mais]

SimplíssimoAmazon compra concorrente no Reino Unido. Seria um caminho para o Brasil?